4 castelos do Japão que sobreviveram a períodos difíceis da história

O Japão já teve milhares de castelos a centenas de anos atrás e apesar de seus períodos difíceis da história muitos deles sobreviveram ou foram reconstruídos.

Conheça 4 castelos do Japão com mais de quatro séculos de existência e que sobreviveram aos períodos mais difíceis da história do país.

Castelos do Japão

Estima-se que o Japão já teve cerca de 5000 castelos e eles já foram muito comuns no período Sengoku, uma época turbulenta de guerra que durou de 1467 a 1603.

Tsuchiya Koitsu: Nagoya Castle

Na era Edo o número de castelos foi significativamente reduzido mesmo havendo paz por um longo período de tempo.

Em torno de 1860, o Japão iniciou um programa de modernização intenso e os castelos eram vistos como símbolos do antigo Japão. Nesta época, muitos castelos foram leiloados e demolidos, isso ocorreu até o final de 1800.

Osaka Castle – Yoshida, Hiroshi 1876-1950

Outra grande onda de destruição dos castelos foi durante a Segunda Guerra Mundial. Muitos castelos haviam sido transformados em postos militares e foram alvo de bombardeios americanos.

Mesmo com toda essa destruição e mais os acidentes naturais, ainda existem no Japão castelos originais para serem visitados. E existem também muitas reconstruções modernas.

Nos anos de 1960, o Japão teve um boom de recuperação de castelos que restaurou vários castelos históricos.

À princípio os castelos foram reconstruídos no concreto, com características mais populares e a presença de plataformas para observação que não seguiam o projeto original.

Atualmente, nas reconstruções mais recentes, existe um esforço e cuidado maior para recuperar os castelos com precisão histórica, utilizando-se métodos e materiais tradicionais.

Os castelos a seguir são alguns dos castelos mais visitados do Japão e que sobreviveram aos perigos da história ou foram reconstruídos.

1 – Castelo de Inuyama

O Castelo de Inuyama fica no alto de um morro e é um dos castelos sobreviventes mais antigos do Japão. Construído em 1440, o castelo tem vista para o rio Kiso.

O Castelo de Inuyama é considerado entre os melhores do Japão por seus interiores originais e antigas características arquitetônicas.

O Castelo de Inuyama é conhecido também por sua sakura e pelas cores de outono, assim como a localização do Festival Inuyama, com uma vista privilegiada da cidade de Inuyama.

2 – Castelo de Matsumoto

O Castelo de Matsumoto é um dos castelos sobreviventes mais velhos do Japão, foi fundado em 1504 e seus edifícios principais foram terminados por 1594.

O Castelo de Matsumoto é um castelo com o interior autêntico e alguns de seus moradores acreditam que ele é assombrado pelo fantasma de um fazendeiro rebelde.

O Castelo de Matsumoto foi um do poucos a não ser demolido no final da era de Edo, no período de modernização do Japão.

O Castelo de Matsumoto foi renovado em 1913, 1955, 1990 e 2002. Porém, em cada uma dessas renovações foram preservadas a arquitetura original dos edifícios.

O Castelo de Matsumoto é um dos preferidos entre os turistas do Japão, pois fica lindamente coberto de neve na maioria dos invernos e cercado por flores de cerejeira na época de sakura.

3 – Castelo de Nagoya

O Castelo de Nagoya, no centro de Nagoya, tem suas raízes nos idos de 1520. Os edifícios atuais são uma mistura dos originais do século XVII, reconstruções de concreto e restaurações modernas utilizando materiais tradicionais.

Os ornamentos de golfinhos dourados do telhado do Castelo de Nagoya foram símbolos do Japão e viajaram em exposições pelo mundo inteiro até que foram destruídos na Segunda Guerra Mundial.

Vários aspectos do castelo permanecem originais, entre eles o fosso, um portão e as pinturas.

O Castelo de Nagoya manteve outros grandes edifícios que foram reconstruídos em concreto no final dos anos 1950, eles se parecem com o castelo original do lado de fora, mas abrigam um moderno museu que conta a história do castelo.

4 – Castelo de Osaka

O Castelo de Osaka é um amplo castelo que testemunhou um grande número de batalhas que mudaram o curso da história do Japão.

Na Segunda Guerra Mundial, o castelo foi usado como fábrica de munições que empregava 60.000 pessoas e que foi completamente destruída por uma bomba em 1945.

Hoje, o Castelo de Osaka reconstruído se parece muito com o que foi no século XIX em seu exterior e muitas partes do castelo, como o fosso, as paredes e os armazéns conseguiram sobreviver à história.

O edifício atual do castelo é uma reconstrução moderna concluída em 1997. O exterior é uma reprodução fiel do castelo no século XIX, mas seu interior abriga um museu moderno.

Lindos, concorda?

Comentários

Copy link