Japão: todos vão de mamachari

Um dos transportes mais vistos no Japão, e na Ásia toda, são as práticas bicicletas conhecidas como mamachari.

Conheça um meio de transporte antigo que evolui na forma, mas manteve a praticidade, economia e utilidade para a saúde.

Mamachari

As mamachari são bicicletas unisex bem resistentes e confortáveis com uma cesta ou outros acessórios.

O nome deste modelo de bicicleta é uma gíria que significa, literalmente, “bicicleta da mãe”.

Elas são encontradas em todo o Japão, geralmente com cestos e muitas vezes com assentos para crianças.

Sua utilidade a torna um transporte muito popular entre os viajantes, que a carrega no trem, e entre os estudantes que se dirigem para a escola.

Até mesmo os executivos de escritórios podem ser vistos cruzando os bairros movimentados em suas confortáveis mamachari.

No Japão, todos andam e amam a mamachari. Basta dar uma verificada em qualquer estacionamento de bicicletas para ver que pelo menos 95% delas são uma mamachari.

Desde 1950

A mamachari existe a mais de meio século e surgiu no Japão na década de 1950. Antes disso, as bicicletas femininas eram engenhocas pesadas e incômodas pesando 22 a 24 quilos.

No entanto, isso mudou com o modelo Smart Lady, um modelo que rapidamente se tornou popular após as vendas em 1956.

Este modelo trazia um assento inferior e seu tubo superior era projetado para torná-lo mais adaptado às mulheres, que são menores, e aqueles que usavam saias ou vestidos ao pedalar.

Outra característica popular foi uma cesta removível anexada à frente do guidão.

Mamachari são utilizadas por uma grande variedade de pessoas, incluindo empresários.

Até a polícia.

Mamachari elétrica

As mamachari continuaram a evoluir, com especial ênfase ao conforto e à segurança. Em 1993 a Yamaha saiu na frente com a primeira bicicleta elétrica do mundo.

A mamachari elétrica rapidamente ganhou a preferência, reduzindo a carga ao pedalar em subidas íngremes, enquanto é possível carregar uma criança ou mantimentos.

A questão da segurança das bicicletas também melhorou, com mais atenção ao número de crianças permitidas como passageiros. Cada prefeitura impõe suas próprias regras.

Um transporte saudável, limpo e divertido! Delicioso, concordam?

Imagens: Nippon/Pinterest

Receba GRÁTIS notícias do Japão
Copy link