Roteiros do Japão: 5 destinos alternativos e incrivelmente bonitos

Se você perguntar a alguém do Japão, o que deve conhecer no país, você terá, sem dúvida, uma lista pontos turísticos que todo turista “tem que conhecer”. Pontos como a agitação de Tóquio ou Osaka, ou ainda o charme tradicional dos santuários e templos de Quioto.

No entanto, para muitas pessoas estes locais podem parecer lotados demais com muitos turistas. Nesse caso, você pode estar procurando um tipo de roteiro no Japão que até mesmo os japoneses considerariam “diferentes”.

Aos viajantes que buscam roteiros mais alternativos, selecionamos uma pequena lista de 5 destinos menos lotados, para aqueles que procuram um tipo diferente de aventura na Terra do Sol Nascente.

Embora eles sejam bem conhecidos pelos japoneses, não são os principais roteiros sugeridos para a maioria dos turistas (e até mesmo para os japoneses), mas definitivamente poderão proporcionar uma viagem memorável!

Kamakura, Cabanas de neve, Akita

10859_1
Fonte: Rakuten
10859_2
Fonte: Nishikien

Na região norte do Japão, você poderá gostar de conhecer a prefeitura de Akita, principalmente para experimentar as maravilhas de seu inverno.

Originalmente criadas para as orações de agradecimento ao “deus da água”, essas cabanas de neve agora se popularizaram durante os festivais e como opções de acampamento únicas.

O interior de uma cabana de Kamakura é realmente muito quente, algumas das estruturas maiores podem acolher até 10 adultos.

Dentro delas é possível desfrutar da cozinha tradicional japonesa, como o nabe ou o calor do amazake (doce com saquê, de baixo teor alcoólico).

Este é definitivamente um ótimo lugar para os amantes da neve no Japão. O festival Kamakura de Yamagata é uma dessas oportunidades. Mas, é possível encontrar essas cabanas em outros locais nevados.

Goshiki-numa, Fukushima

10859_4
Fonte: Jordy Meow

Goshiki-numa (ou cinco lagos coloridos) são um aglomerado de cinco lagos em torno do Monte Bandai (vulcão dormente) na prefeitura de Fukushima.

O vulcão entrou em erupção em 1800 e os minerais da erupção adicionaram cores diferentes à água. Cada lago oferece uma superfície impressionante que reflete o lindo cenário de cada estação, com seu próprio matiz original de cor.

Para aqueles interessados ​​em caminhadas, ou simplesmente contemplar a beleza natural, este é um local recomendado em qualquer época do ano.

 

Ilha Taketomi, Okinawa

10859_14
Fonte: Jordy Meow
10859_15
Fonte: Jordy Meow

Okinawa é uma região naturalmente bonita inserida em um ambiente maravilhosamente tropical com uma atmosfera muito diferente do resto do Japão.

Enquanto os locais frequentemente visitados, Naha e Kokusai-dori, fornecem um sabor da vida destas cidades e o ritmo das ilhas, são as praias das ilhas menores em particular, que fazem você se sentir como se estivesse pisando em um país diferente dentro do Japão.

A ilha Taketomi, com cerca de 300 habitantes que é popular por suas praias imaculadas e seus passeios de búfalo, onde se pode desfrutar da tradicional música de Okinawa.

Os telhados de cerâmica vermelhos e as águas azul-turquesa tornam os dias espetaculares durante a viagem em Okinawa, oferecendo um verdadeiro mergulho na cultura local, enquanto também é possível desfrutar de um pouco de serenidade e tranquilidade.

 

As sete cachoeiras de Kawazu, Shizuoka

10859_8
Fonte: Jordy Meow
Outra cachoeira de Izuian
Fonte: Jordy Meow

A prefeitura de Shizuoka é o lar do Monte Fuji e possui paisagens de um verde brilhante durante o ano todo, fazendo com que o Kawazu Nanadaru (as sete cachoeiras de Kawazu) seja um local fantástico para se observar a beleza natural da região.

Na região é possível encontrar cachoeiras que variam de 2 metros a 30 metros de altura, ao longo de uma tranquila trilha para caminhada, onde encontram-se também uma série de estátuas que retratam o conto “Izu no Odoriko” (O Dançarino de Izu) de Kawabata Yasunari.

No início da trilha encontra-se também um adorável ryokan (pousada tradicional japonesa) com fonte termal para o descanso. Este é um local que faz com que as pessoas tenham a real sensação de “Estou no Japão!”.

 

Conhecendo Ibaraki

10859_10
Fonte: Jordy Meow
Fonte: Jordy Meow

Embora tenha ganhado popularidade nos últimos anos, o Hitachi Seaside Park oferece uma alternativa deslumbrante para a visualização das tradicionais folhas de outono do Japão (koyo).

O grande conjunto de plantas representadas nas fotos acima é chamado de kochia. Eles são de um verde brilhante até o final de setembro, quando atrai visitantes de todo o país. Mas, se você perder a temporada de outono, não se preocupe, porque as paisagens voltam a ficarem lindas na Primavera!

 

Que tal? Agora é só planejar a sua ida ao Japão com um destes roteiros “alternativos”!

Fonte: Grapee

Receba GRÁTIS notícias do Japão
Copy link