Mulher em cartaz “orgulho de ser japonês”, na verdade, é chinesa

Um cartaz que promove o “orgulho de ser japonês” tem sido fonte de muita confusão no Japão nos últimos dias. Trata-se de um pôster com o slogan Estou feliz por ser japonesa” (tradução livre de:「私日本人でよかった」). Logo abaixo, ainda aparece a seguinte frase: “Levante o Hinomaru (bandeira japonesa) com orgulho em seu coração” (「誇りを胸に日の丸を掲げよう」). A publicação apresenta uma mulher sorridente na frente de uma bandeira japonesa.

cartaz orgulho de ser japonês
(Crédito: Divulgação)

Por que os cartazes incomodaram algumas pessoas?

Os moradores de Kyoto começaram a notar cartazes em torno da cidade promovendo o orgulho nacional. Desde então comentários polêmicos surgiram no Twitter.

“Eu vi este cartaz aqui e ali em Kyoto. É assustador”

À primeira vista, o cartaz parece promover o patriotismo benigno. Motivo pela qual agradou muitas pessoas. Uma pessoa escreveu em seu Twitter: “O que há de errado em se orgulhar do seu país?”.

No entanto, muitos japoneses vêm chamando atenção para a mensagem implícita no anúncio. Para estes, a propaganda reproduz uma postura nacionalista e etnocêntrica. Muitos temem pela ascensão do nacionalismo de direita. Nos últimos anos, os grupos conservadores de direita vêm defendendo um afastamento do pacifismo do pós-guerra.

Além disso, muitos afirmaram que o cartaz transmite uma mensagem negativa em uma cidade que recebe tantos turistas. Alguns dos comentários publicados nas redes sociais foram:

“Que cartaz estranho. Quando os residentes estrangeiros de Kyoto ou muitos visitantes estrangeiros verem isso, eu me pergunto se isso os fará sentir como se este país não aceitasse sua presença. É uma mensagem muito perturbadora que os cartazes estão transmitindo.”

“Arrepiante. Será que eles acham que colocar esses pôsteres ajudará a imagem de Kyoto? Eles estragam a boa reputação que a cidade construiu.”

Fato irônico

Mas, o motivo que tem causado controvérsia e comentários irônicos no últimos dias, é outro. Descobriu-se que a mulher orgulhosa de ser japonesa é, na verdade, chinesa! A imagem utilizada no cartaz é proveniente do site de banco de imagens Getty Images.

Segundo informações no site, a fotografia é creditada ao fotógrafo Lane Oatey e listado como sendo “Produzido em Beijng, China”. E, ao olhar para as palavras-chave, é possível encontrar a inscrição “afiliação étnica chinesa”.

Logo após a revelação, a hashitag #YourPatriotismWasMadeInChina (Seu patriotismo foi feito na China) tornou-se popular no Twitter no Japão.

“Eu sou japonês, isso NÃO é bom para mim. O nacionalismo nem sempre é correto. IMAGINE por favor!”

“De todos os japoneses que você poderia escolher você escolhe um chinês, realmente.”

Quem está por trás dos cartazes?

O cartaz não possui nenhuma identificação dos criadores. No entanto, no início da semana passada, o portal de notícias Huffington Post Japan informou que o responsável pela produção e distribuição foi o Jinja Honcho, a Associação Nacional de Santuários de Xintoísmo.

Leia também:

De acordo com um porta-voz, eles queriam “promover a elevação da bandeira nacional em feriados nacionais, para educar o público sobre a importância desses feriados nacionais”. Sobre a questão da modelo chinesa na propaganda, a Associação tentou minimizar a exposição. Ela afirmou que este assunto não é “um problema”, pois o pôster “não especifica que a pessoa em destaque é uma japonesa”.

A empresa de Pequim que produziu a imagem original, Blue Jean Images, se recusou a comentar o assunto por se tratar de uma “questão delicada”. No entanto, a companhia confirmou à rede de notícias BBC, que a modelo era chinesa e que a imagem tinha sido tirada em 2009.

Fonte: BBC

Receba GRÁTIS notícias do Japão
Copy link