Jovens do Japão trocam as praias pelas Festas Noturnas na Piscina

O Japão passa por um fenômeno conhecido como “umi-banare”, literalmente, “afastar-se do mar”.

Isso porque cada vez menos as pessoas vão às praias para aproveitar um dos grandes recursos naturais do país, que é um arquipélago. Saiba qual é a nova onda, pelo menos para os jovens, do Japão!

Leia também:

Praias vazias

Uma pesquisa recente da Nippon Foundation descobriu que, surpreendentemente, mais de 40% dos adolescentes não sentiam nenhum grau de afinidade ou conexão com o mar.

Em época de Instagram, os jovens não querem lidar com a areia grudada na pele ou com a água salgada em suas roupas e cabelos. Ou, nem mesmo se preocupar em perder o tom de pele pálido (visto como sinal de beleza no Japão). Em vez disso, eles querem aproveitar o verão enquanto alimentam suas redes sociais com boas fotos.

A onda das Festas Noturnas na piscina

Desta forma, uma nova opção surgiu para preencher esta necessidade: as Festas Noturnas na piscina.

Esses eventos noturnos, que custam vários milhares de ienes para entrar, são realizados em hotéis e outros locais dos grandes centros urbanos, como Odaiba na Baía de Tóquio.

Isso, significa também que os jovens podem ir sozinhos mais facilmente do que nas praias reais. As festas noturnas misturam o espetáculo visual com os efeitos na água. Além, claro, da oportunidade de conhecer outras pessoas (paquera).

No lugar de apenas nadar, espera-se que os visitantes se divirtam com seus trajes de banho, uma bebida e um smartphone. As piscinas são, muitas vezes, preenchidas com bolas e boias infláveis ​​de tamanhos variados. Enquanto outras atrações acontecem, com música, espuma e iluminação criando uma atmosfera divertida. Ideal para grupos de amigos.

Embora não seja uma ideia original do Japão, a tendência de festas noturnas teve início no verão passado. Mas, neste ano ganhou especial popularidade. Principalmente, entre as mulheres dos vinte anos.

O verão de 2017 já terminou, por isso muitos jovens aguardam para ver se em 2018 esta tendência continua.

Gostou da opção de verão? Deixe seu comentário!

Fontes: japantrends/Kai-You

Receba GRÁTIS notícias do Japão
Copy link