Tabu: homens também trabalham como hostess no Japão e ganham muito dinheiro

Boa aparência, ambição e capacidade de cativar e seduzir mulheres japonesas, esse é o perfil de muitos homens que trabalham como hostess em clubes de todo Japão. Os jovens são procurados por mulheres ricas para serem a companhia ideal.

Eles agem como namorados, conversam sobre o dia a dia, dão atenção, conselhos, flertam e as fazem se sentirem especiais ao custo de centenas de ienes. Assim como as mulheres que trabalham como hostess, não há sexo envolvido no trabalho.

Gastos extravagantes

Créditos: Reprodução

As bebidas costumam ser caras, em algumas casas um pedido especial de champagne pode chegar a 40 mil ienes. A bebida de marca luxuosa é acompanhada por uma fila de homens jovens que cantam e dançam. Esse tipo de pedido acontece sempre.

Uma conversa regular é acompanhada de muita bebida alcoólica e pode ser difícil não ficar embriagado.

Leia também:

Dinheiro não é problema

Hostess
Créditos: reprodução

Como nos hostess club femininos, as frequentadoras dos clubes masculinos são mulheres bem sucedidas e não sentem dó ao gastar seu dinheiro. São mulheres carentes que se sentem sozinhas, sem ter com quem conversar.

Clube hostess em Tóquio
Créditos: Club Ai Tóquio

Dentro dos clubes, elas podem conversar com rapazes que não encontraria no seu dia a dia, diferentes do perfil do homem japonês tradicional.

Um homem com 30 anos que pediu anonimato e trabalhou como hostess por toda sua vida, conta que no mês de seu aniversário, chegou a faturar 8 milhões de ienes. Uma cliente regular chegou a pagar 250 mil ienes em uma garrafa Dom Perignon Rose apenas para eles se divertirem durante um encontro.

Mesmo ganhando boas quantias em dinheiro, cultivar a boa aparência pode ser bem caro, são elevados os gastos em salões de beleza e roupas.

O trabalho também exige desenvoltura para ser uma companhia agradável. Muitas das frequentadoras são herdeiras, executivas e até garotas que trabalham no universo do entretenimento adulto.

É comum ver atrizes do ramo adulto nos clubes, a maioria vai para desligar de seu trabalho e receberem a atenção que desejam.

As mulheres do universo do entretenimento adulto tem uma vida carregada entre o fetiche e o preconceito, elas encontram nesses homens conforto e acolhimento.

Pedidos inusitados

Trabalhar como hostess faz com que estes homens ouçam de tudo, se em hostess femininos, os clientes pedem para ver decotes ou ser mais ousados, os hostess masculinos podem ouvir pedidos excêntricos das mulheres.

Um deles conta que uma mulher ofereceu 300 mil ienes para ele comer um ramem frito recém mastigado dentro de seu sapato de salto alto. Como era jovem e precisava do dinheiro, aceitou a proposta.

Muitos jovens encontram nesse tipo de serviço sua fonte de renda, mas há quem trabalhe apenas algumas noites, pois estudam e tem um trabalho regular.

hostess

Comentários

Receba GRÁTIS notícias do Japão
Copy link