11 coisas para fazer em Tokyo de graça!

Sem dúvidas, explorar Tokyo é sensacional. No entanto, também pode ser bastante caro. Mas, não se desespere! A metrópole também oferece uma infinidade de atividades e lugares que você pode desfrutar totalmente de graça! Confira alguns deles a seguir:


Leia também:


1 – Conhecer templos e santuários

Templo Sensō-ji. (Crédito: flickr/Richard Cassan)

Uma das melhores coisas para ver no Japão são os impressionantes templos e santuários. Há mais de 160 mil deles no país e muitos estão localizados em Tokyo. A maioria deles não requer taxa de entrada, por isso é uma ótima opção para visitas gratuitas e para apreciar a cultura japonesa ao mesmo tempo.

Localizado a uma curta caminhada da estação de Harajuku, dentro do Parque Yoyogi, está o Santuário Meiji. Passe algumas horas explorando livremente o local e mergulhe no charme deste lugar sereno no coração da cidade.

Certifique-se também de visitar o famoso e icônico Templo Sensō-ji, em Asakusa. A caminho deste templo, os visitantes andam pelo Nakamise Dori, a rua comercial mais antiga do Japão.

2 – Admirar vistas panorâmicas gratuitas

Foto noturna a partir do Tokyo Metropolitan Government Building. (Crédito: flickr/Richard Cassan)

Tokyo é um belo lugar para também ser admirado do alto. Então, saiba que alguns de seus observatórios são gratuitos! Desfrute da bela vista da cidade em lugares como: Tokyo Metropolitan Government BuildingBunkyo Civic CenterEbisu Garden Place Tower e Caretta Shiodome.

3 – Visitar os parques públicos

Yoyogi Park
Yoyogi Park. (Crédito: GaijinPot)

Seja para apreciar a natureza, relaxar, caminhar ou encontrar com os amigos, visitar os parques públicos é uma atividade totalmente popular entre os moradores locais e os turistas estrangeiros. Recomendamos especialmente o Parque Yoyogi, o Parque Ueno, o Parque Inokashira e o Showa Kinen Park.

4 – Participar de uma excursão de cervejaria

Suntory
(Crédito: Tokyo Cheapo)

Se você gosta de cerveja, vale a pena visitar as cervejarias localizadas em Tokyo. Uma das marcas japonesas mais populares, a Suntory, oferece passeios gratuitos pela fábrica, incluindo uma degustação de cerveja. Cada turnê tem 70 minutos de duração e é necessário fazer reservas antecipadas.

5 – Conferir alguns dos museus gratuitos de Tokyo

Intermediatheque
Intermediatheque. (Crédito: Simplicity)

Tokyo tem uma incrível variedade de museus. Entre eles, muitos oferecem entrada gratuita. Algumas recomendações são: Yebisu Beer MuseumADMT (Advertising Museum Tokyo), Animation Museum, Parasite Museum, Japan Stationary Museum, Fire Museum, Edo Shitachimachi Museum, Omatsuri Museum e Intermediatheque.

Além disso, alguns museus famosos permitem que você entre gratuitamente em determinados dias. Por exemplo, o National Museum of Modern Art oferece entrada gratuita no primeiro domingo de cada mês, 18 de maio (Dia Internacional dos Museus) e 3 de novembro (Dia da Cultura).

6 – Assistir uma prática de Sumo

Sumo
(Crédito: flickr/amanderson2)

Algumas instalações de treinamento de sumo em Tokyo permitem que os visitantes assistam aos lutadores do sumo durante suas sessões de treino, sem cobrar nada. O treinamento ocorre no início da manhã. É impressionante ver os lutadores em ação e esta é uma experiência que você só pode desfrutar no Japão.

Um dos lugares é o Arashio Stable, onde os visitantes têm a oportunidade de ver as práticas do sumo entre às 7:30 e 10:00 horas da manhã.

7 – Participar de um festival

Sanja Matsuri
Sanja Matsuri (Crédito: Pearls and Passports)

Os festivais (matsuri) são uma parte muito importante da cultura japonesa e ocorrem regularmente ao longo do ano. Durante esses eventos, é provável que você veja procissões, barracas de comida e entretenimento ao vivo.

Quase todas as semanas há um festival interessante em algum lugar em Tokyo – encontre um aqui. É totalmente gratuito participar deles.

O festival ilustrado acima é o famoso Sanja Matsuri, realizado no terceiro fim de semana de cada mês de maio no bairro Asakusa.

8 – Visitar jardins japoneses

Hotel New Otani
Jardim do Hotel New Otani. (Crédito: Divulgação)

Tokyo é uma das melhores cidades para desfrutar de jardins japoneses. Uma das razões é que, durante o período de Edo, os senhores feudais moravam em mansões e ter um jardim bonito era um símbolo de seu poder. Consequentemente, as técnicas japonesas de jardinagem se espalharam pela cidade.

Embora muitos jardins famosos cobrem taxas de admissão, existem alguns que você pode entrar gratuitamente. Veja alguns deles:

O jardim japonês do Hotel New Otani possui cachoeira, lagoa e ponte em arco.

O jardim do Hotel Chinzanso foi criado em 1861 durante a Era Meiji. Além de ser um lugar popular para casamentos, entre os meses de maio e junho, é possível ver vagalumes de graça.

Nos jardins de Happō-en existe uma “estrada de bonsai”, onde você pode ver um bonsai de 520 anos!

9 – Caminhar, correr ou pedalar em torno do Palácio Imperial

palacio imperial

Por que pagar por uma academia? Tokyo tem ótimos locais para caminhar e correr com vistas incríveis. Um deles, é o curso de caminhada de cinco quilômetros ao redor do Imperial Palace. É de uso gratuito e muito popular entre os moradores locais. Ao longo do caminho, você ainda terá um vislumbre de uma seleção de pontos turísticos, incluindo o National Theatre, British EmbassyNational Diet Building, além do próprio Palácio Imperial.

Aos domingos, entre 10:00 e 15:00, também são oferecidos gratuitamente a locação de 250 bicicletas para pedalar ao longo do curso de ciclismo do Palácio. As ruas são fechadas para o tráfego motorizado, de modo que todos possam caminhar pelas cinco pistas.

 10 – Explorar Akihabara

Akihabara
(Crédito: Gaijin Pot)

Akihabara é conhecida principalmente pelos mangas, pelos animes e pela cultura otaku. A região também possui estabelecimentos de pachinkomaid cafes e muita diversão para adultos.

Também é o lugar ideal para encontrar produtos eletrônicos e novas tecnologias. Nesta área é possível encontrar invenções únicas que você não vê em nenhum outro lugar do mundo. Muitos dos produtos eletrônicos em exibição podem ser testados de graça. Se você gosta de tecnologia, você poderá se divertir por horas em Akihabara sem comprar nada.

11 – Andar pela Rainbow Bridge em Odaiba

Rainbow Bridge
(Crédito: Gaijin Pot)

Odaiba é uma área de entretenimento bastante popular. Seu símbolo, a Raibow Bridge, conecta a área de Shibara com a ilha Odaiba. À noite, essa ponte de 918 metros brilha intensamente nas cores do arco-íris. Fazer uma caminhada ao longo dela é uma bela experiência que não lhe custará nada.

Além disso, você pode aproveitar para tomar sol em uma praia artificial e ver uma réplica de 11 metros da Estátua da Liberdade.

 

Experiências espetaculares não precisam custar uma fortuna, não é mesmo? Se você tiver outras dicas, compartilhe conosco!

Fonte: JW Web Magazine, Matcha, Lonely Planet, Like a Local Guide

sensoji

Comentários

Receba GRÁTIS notícias do Japão
Copy link