Pesquisa: O amor está morto? Um em cada quatro jovens do Japão diz que o amor incomoda

Algumas pessoas dirão que o amor dói. Mas, o Japão surpreende pelo grande número de jovens que rimam amor com dor.

Veja o que mostrou uma pesquisa entre os jovens adultos do Japão.

Leia também:

Os jovens do Japão

Recentemente, o serviço de encontros japonês Partner Agent entrevistou um total de 1.960 homens e mulheres. Entre entre as idades de 20 a 29 e de 40 a 49.

Entre as perguntas feitas estava “Você quer ter um relacionamento romântico, ou você acha que o romance incomoda e machuca?”. Entre os adultos de 20 a 29 anos, 24,5% eram da última opinião.

Pouco entusiasmo

Embora não tenha sido especificado exatamente o que faz o romance parecer um incômodo, pode-se deduzir que parece haver uma falta de entusiasmo para tentar encontrar alguém especial.

Isso porque, quase metade destes jovens adultos, 47,5%, disse que é melhor esperar apenas surgir naturalmente seu eventual marido ou esposa.

Enquanto que 24,8%, prefere procurar ativamente por um parceiro para a vida toda. E 27,6% estavam indecisos.

De acordo com a pesquisa, cerca de um em cada dois jovens participantes da pesquisa adotam a abordagem passiva.

53,7% dos entrevistados disseram que nunca estiveram em um gokon (evento de encontros em grupo, no qual o número de homens e mulheres solteiros é o mesmo, para ver se eles são compatíveis com outras pessoas no grupo).

Não dói, mas dá gasto

Mas se o amor é uma dor para alguns dos entrevistados, para outros, pelo menos não é tão caro.

40,1% dos jovens participantes disseram que gastam menos de 10.000 ienes (US$ 91) por mês, nas despesas com o namoro.

Isso deve estar relacionado ao fato de que 40,9% dos entrevistados disseram que priorizariam seu tempo pessoal, ao passarem mais tempo com um parceiro romântico.

Ao contrário de 32,3% que responderam que o namoro vem em primeiro lugar. Mesmo assim, tudo indica que o romance esta bem esquecido no Japão.

57,8% dos jovens adultos disseram que ainda esperam se apaixonar. Também vale a pena lembrar que os solteiros são mais propensos a preencher pesquisas de namoro. Enquanto que os mais decididos vão rapidamente para a batalha de verdade.

Mas, para aqueles que dizem amor é uma dor, talvez o motivo seja só porque eles ainda não conhecem a parte divertida de um relacionamento.

Podem se jogar um pouquinho mais, concordam?

Fontes: PR Times via Livedoor News via Jin / SoraNews24
Images:  Pakutaso / Pakutaso

Comentários

Receba GRÁTIS notícias do Japão
Copy link