Japão: Homem de 81 anos pulou no rio para salvar mulher de 86 anos que se afogava

Um homem de 81 anos pulou no rio gelado para salvar outra vida e afirma que você nunca é velho demais para ser um herói. Saiba mais sobre este ato de coragem!

Leia também:

Pulou no rio gelado

Na tarde do dia 19 de fevereiro, Shigetaro Imanishi, de 81 anos, estava passeando ao longo do rio Yumesakigawa (foto acima), perto de sua casa na cidade de Himeji, na província de Hyogo. O tempo estava quente, mas ensolarado após um chuva. Então, enquanto estava distraído, por volta das duas da tarde, Imanishi achou que estava ouvindo alguém pedindo ajuda.

Depois de olhar ao redor, não viu ninguém em perigo. No entanto, quando estava prestes a continuar o seu caminho, Imanishi ouviu um segundo grito de “Ajude-me”. E dessa vez, quando ele olhou para o rio, viu a cabeça de uma mulher.

Era uma mulher de 86 anos de idade que havia caído na água e mal podia ser vista da superfície. Ele viu que ela lutava para se agarrar desesperadamente a alguns juncos.

Então Imanishi entrou em ação. Ele pulou no rio, enquanto gritava para um casal que estava parado na margem, há cerca de 50 metros mais abaixo, no caminho por onde andava.

Nadando para onde a mulher idosa estava se afogando, Imanishi conseguiu manter a cabeça dela acima da água. Enquanto isso o casal, o marido de 50 anos Tetsuya Kojima e sua esposa de 49 anos, Keiko, correram para ajudar. E assim, os três socorristas juntos puxaram a mulher de volta à margem.

Após o resgate, os três levaram a mulher (que era uma moradora local) de volta para sua casa. Depois, chamaram uma ambulância para que ela pudesse ser examinada. Por sorte, os paramédicos chegaram rapidamente. Pois, o próprio Imanishi entrou em colapso devido à hipotermia.

Tudo acabou bem

Felizmente, a condição de Imanishi melhorou rapidamente e ele recebeu alta no dia seguinte. Em reconhecimento às suas ações, Imanishi e os Kojimas receberam o Prêmio Nojigiku e a homenagem oficial do governo da prefeitura de Hyogo.

A família de Imanishi, embora obviamente orgulhosa dele, também expressou preocupação por ele se colocar em perigo em uma idade tão avançada. Mas, o octogenário balançou os ombros, dizendo: “Estou tão feliz por conseguirmos ajudá-la” e “Querer salvar alguém que está em perigo não tem nada a ver com a sua idade”.

Certamente, este é um bom exemplo e um lembrete de que os idosos também podem ser heróis. Concordam?

Fontes: Yahoo! Notícias do Japão / Kobe Shimbun Próximo via Jin / Wikipedia / Bakkai / SoraNews24

Comentários

Copy link