Muitos japoneses amam os famosos cervos de Nara ou o icônico Monte Fuji. Mas agora eles podem declarar sua admiração com lindas placas de automóveis!

Leia também:

Novas placas de automóveis

A partir de outubro deste ano, o Ministério de Terras, Infra-estrutura, Transporte e Turismo do Japão publicará 41 placas com um design especial que captam a característica de destaque de cada região do país.

Quer sejam as deliciosas cerejas da Prefeitura de Yamagata ou as fontes termais da Prefeitura de Oita, os motoristas podem levar um pedaço de casa para onde irem.

As placas de região de Tohoku

Na ordem, da esquerda para a direita e de cima para baixo, veja o que cada placa representa:

Morioka – Kozukata (antigo nome da cidade)
Iwate – Night on the Galactic Railroad (um romance que também presta homenagem à Linha Ferroviária Iwate Galaxy)
Hiraizumi – Patrimônio da Humanidade

Sendai – Date Masamune (líder político do período Edo) e Sendai Tanabata Festival
Yamagata – Aldeias de cerejas
Shonai – Uma famosa música orquestral e o Monte Chokai

Região de Kanto

Tsuchiura – Hobiki-sen (um veleiro de pesca tradicional) e fogos de artifício
Tsukuba – Monte Tsukuba
Maebashi – Monte Akagi

Koshigaya – Gaya-chan (o mascote de pato da cidade) e awa odori (festival de dança tradicional)
Narita – Aviões decolando do Aeroporto de Narita
Kashiwa – Lake Teganuma

Regiões de Kanto e Hokushin’etsu

Região de Kanto (linha superior)
Setagaya – Rio Tama e flor de garça branca
Suginami – Uma cidade de cedro japonês
Monte Fuji – Monte Fuji

Região de Hokushin’etsu (fila de baixo)
Niigata – Bandai Bridge e o ibis japonês
Nagaoka – Nagaoka e fogos de artifício
Toyama – Cordilheira de Tateyama

Regiões Hokushin’etsu e Chubu

Região de Hokushin’etsu
Kanazawa – Yukitsuri (uma técnica japonesa única para proteger as árvores da neve pesada) e o escudo de umebachi (emblema familiar de um poderoso senhor feudal)
Ishikawa – Monte Haku e as ondas das aldeias marítimas de Noto

Fukui, região de Chubu – fósseis de dinossauros do Museu de Dinossauros da Prefeitura de Fukui

Monte Fuji – Monte Fuji e os campos de arroz
Toyota – Toyota Stadium e a família Grampus (uma família de mascotes representando um clube de futebol)
Kasugai – Tofu-kun e Kasugai Cacti (mascotes locais)

Regiões Kinki e Chugoku

Região de Kinki (linha superior)
Shiga – Lago Biwa
Kyoto – Hanamonyo (uma loja de têxteis tradicional), Amanohashidate (paisagem, uma faixa de terra) e o pagode de cinco andares
Nara – Flores de cerejeira e folhagem de outono

Região de Chugoku (fileira inferior)
Tottori – Dunas de areia de Tottori, Monte Daisen e a pera japonesa
Fukuyama – Hiroshima Toyo Carp (um time profissional de beisebol)
Shimonoseki – Torre Kaikyo Yume, Santuário Akama, Museu de Ciências Marinhas Shimonoseki e a Ponte Kanmon

Regiões Chugoku, Shikoku e Kyushu

Região de Chugoku
Yamaguchi – Akiyoshidai Plateau e a Ponte Kintai

Região de Shikoku
Tokushima – Awa odori (um festival de dança)
Kagawa – Mar Interior e azeitonas

Ehime – Mikyan (um mascote de gato mandarim)
Kochi – Ponte Harimaya

Região de Kyushu
Nagasaki – vitral

Região de Kyushu

Sasebo – Vitral
Kumamoto – Kumamon (uma dos mascotes mais famosas do Japão)
Oita – Hot Springs (fonte termal)

Miyazaki – Locais banhados pelo sol e o mar
Kagoshima – Sakurajima (uma ilha vulcânica ativa)

A obtenção de uma das 41 placas decoradas requer uma mera doação de pelo menos 1.000 ienes (US$ 9,14), cujos recursos serão destinados à promoção do turismo e à melhoria do tráfego.

Esta é uma maneira fantástica dos motoristas mostrarem apoio à sua cidade natal. concordam?

Fontes: Ministério da Terra, Infraestruturas, Transportes e Turismo via Japaaan
e SoraNews24