Princesa Ayako anuncia que irá se casar com plebeu e renunciará status real no Japão

Depois da princesa Mako ter anunciado que iria se casar com um cidadão comum japonês em 2017, a princesa Ayako anunciou que fará o mesmo.

Com isso, as duas perderão o status de realeza e isso causa certo debate, já que com os homens não acontecem o mesmo.

O Imperador Akihito é casado com uma cidadã japonesa chamada Michiko Shoda e apesar de ter enfrentando críticas na época, manteve seu status de realeza como Heika e ao trono Crisântemo.

Anúncio noivado Ayako e Kei
Créditos: reprodução

A princesa Ayako pretende se casar com Kei Moriya. Ayako conheceu Kei através de sua mãe e logo se encantou por sua personalidade.

A mãe de Moriya faleceu em 2015, ele ficou bastante abalado e a princesa Ayako teve papel fundamental nesse processo de luto.

Ao fazer a coletiva de impresa, a princesa contou que não sabe quais eram as intenções de sua mãe ao apresentá-los, porém ao longo do encontro, eles se sentiram próximos naturalmente.

Pedido de casamento

Kei Moriya pediu a princesa em casamento em um restaurante. Ayako não quis dar sua resposta na hora e pediu para que ele aguardasse. Conforme o relacionamento amadureceu, Ayako aceitou o pedido.

Princesa Ayako

Ela é filha da princesa Isako Takamado e do príncipe Norihito. Ela nasceu no dia 15 de setembro de 1990 em Tóquio.

Seu pai faleceu aos 47 anos de ataque cardíaco em uma partida de squash na embaixada canadense no Japão em 2002. Takamado era primo do Imperador Akihito.

Kei Moriya

Kei Moriya de 32 anos é um executivo da Nippon Yusen K.K (NYK Line), uma das maiores transportadoras do Japão. Além disso, Kei participa de trabalhos humanitários, afinal, sua mãe mantém uma ONG no Camboja.

Segundo a própria Isako, conhecer ele inspirou sua filha ser mais sensível e ativa para as questões dos direitos humanos.

Com sua renúncia, a família real diminuirá, atualmente são apenas 18 integrantes. Apesar disso, as mulheres não tem direito na linha de sucessão ao trono Crisântemo. O casamento acontecerá no dia 29 de outubro no templo Meiji Jingu em Tóquio.

Comentários

Receba GRÁTIS notícias do Japão
Copy link