Qual significado das cores da bandeira do Japão?

A bandeira do Japão levanta bastante curiosidade por inúmeros motivos, conheça um pouco mais sobre sua simbologia, significado de cores e criação.

Bandeira japonesa

Bandeira japonesa

Segunda a lenda, a Kami Amaterasu possui influência na escolha do sol como símbolo da bandeira do Japão, já que antes da II Guerra, todos os imperadores eram considerados divindades descendentes de Amaterasu.

Engana-se quem pensa que a cor do sol é vermelho, mas sim carmesim. Um tom mais fechado quase púrpura e simboliza o futuro próspero. Enquanto o branco representa a honestidade, integridade e pureza dos cidadãos japoneses.

Desde o fim da II Guerra, não é mais obrigatório hastear a bandeira em feriados e outras celebrações especiais ou flamejar uma perto do Heika, como era antes.

Nos dias de hoje é ligada ao nacionalismo e patriotismo e já foi usada em atos extremistas, por isso seu uso caiu pela população. Pela triste lembrança da guerra e desses eventos.

A bandeira Kyokujitsu-ki (Rising Sun), atualmente símbolo do exército terrestre é usado muito no ocidente, mas para os países vizinhos que sofreram na II Guerra Mundial, ela significa o imperialismo e o fascismo.



Amaterasu Omikami

Kami Amaterasu

A kami Amaterasu Omikami, ou Oho-hir-me-no-muchi, é apresentada como a filha da kami Izanami, deidade da criação e da morte e do kami Izanagi, criador dos deuses inferiores e dos homens.

É muito difícil dizer qual kami é o mais adorado no Japão, pois isso depende e varia muito de acordo com o momento histórico do país. Porém, é possível afirmar que Amaterasu é a divindade mais importante da história japonesa.

Afinal, ela não só criou o Japão como dá condições para que todas as coisas e todos os seres prosperem. Ela é a divindade da iluminação celestial e o ser supremo do Takama no Hara, o plano celestial dos kami.

Curiosidades

Uma curiosidade muito interessante é que as deidades, isso é, os kami, não são imortais. O conceito de deus para o shinto é, de forma simplista, o poder absoluto.

Para exemplificar de uma forma mais ilustrativa, o poder de uma tempestade é absoluto, é humanamente e naturalmente impossível detê-la, a isso é dado o nome de kami, o poder absoluto.

No caso da tempestade, a deidade associada a ela é Raijin. Ele não controla as tempestades e trovoadas, é a própria tempestade, o espírito que dá ânimo (ação). A tempestade pensa, sente, vê, ouve.

Gostou do artigo? Inscreva-se em nossa Newsletter e receba conteúdos do Japão.

Bandeira do Japão
Receba GRÁTIS notícias do Japão
Copy link