Restaurante de soba viraliza no Twitter por possuir a menor entrada já vista

Uma foto da entrada de um restaurante de soba viralizou no Twitter japonês depois de ter sido postada pela conta oficial da empresa de eletrônicos Sharp. Saiba o porquê!

Leia também:

Como entrar neste restaurante de soba?

Imagine a cena. Você está viajando pela prefeitura de Nagano e está em uma estação rural aleatória chamada Shiojiri.

Você está morrendo de fome, acabou de fazer uma longa viagem de trem e precisa de um pouco de comida para continuar.

Então, com o canto do olho, você percebe algo esperançoso. Uma placa indicando “soba”, um macarrão de trigo sarraceno, delicioso e quente, que lhe dará a energia que você precisa para continuar.

Então, você avidamente começa a andar mais rápido, imaginando o saboroso e caloroso caldo.

Mas, dá de cara com isso.

Este é um restaurante de soba para palitos?

Esta é, certamente, a entrada mais estreita de um restaurante em todo o Japão.

Por isso, uma foto da entrada deste restaurante de soba viralizou no Twitter do Japão. Isso ocorreu logo após ter sido postada pela conta oficial da empresa de eletrônicos Sharp.

Reações online

Muitos comentaristas lamentaram que, pelo seu tamanho, eles provavelmente não poderiam realmente passar por esta porta.

Portanto, olhando bem para as fotos, até mesmo uma pessoa de porte menor teria que fazer um pouco de manobra para atravessar a abertura.

E ainda, aqueles que mal conseguem atravessar a porta também podem ter receio de comer demais, já que talvez não consigam sair de novo.

Mas, apesar de todas as piadas, esse tipo de excentricidade é certamente um charme das pequenas empresas no interior do país.  Elas se tornam lendas locais e oferecem ambientes e experiências únicas para os visitantes.

Talvez esse restaurante esteja funcionando há anos, enquanto a estação tomava o entorno, tornando sua entrada cada vez menor.  Ou talvez, o dono seja apenas um empreendedor que viu potencial em um espaço minúsculo.

De qualquer forma, a dedicação é admirável, e esperamos que a entrada estranhamente estreita não tenha prejudicado demais o negócio.

Receba GRÁTIS notícias do Japão
Copy link