Homem é preso por roubar loja de conveniência em Tokyo usando um aparador de pelos do nariz

A escolha de um aparador de pelos do nariz como arma não foi o único passo em falso dado por este bandido em potencial. Saiba mais sobre este inusitado crime do Japão.

Lei também:

Cuidado com o aparador de pelos do nariz!

Na madrugada de 31 de agosto, nas ruas de Shinjuku, Tokyo, um jovem que trabalhava em uma loja de conveniência Family Mart ouviu o som familiar das portas se abrindo.

No entanto, este não era nenhum cliente das 4:10 da manhã, era um ladrão. E enfiando a mão no bolso, o bandido sacou um aparador de pelos do nariz com uma lâmina de três centímetros que brilhava ameaçadoramente sob as luzes fluorescentes.

Então, com um olhar frio, o ladrão de meia-idade pediu ao funcionário: “Não se mexa, pegue o dinheiro”.

Isso representou um dilema para o trabalhador de 25 anos. Pois, se ele pegasse o dinheiro, estaria se mexendo e quebrando o comando “não se mexa”. Mas, por outro lado, se ele ficasse parado, não tinha como pegar o dinheiro.

E ainda, a ameaça da minúscula tesoura e suas pontas arredondadas, combinadas com as exigência impossíveis do assaltante, devem ter sido demais para o funcionário. Então, ele simplesmente fugiu.

Essa atitude deixou o ladrão em uma situação difícil. Sem nenhum funcionário, ele não conseguia nenhum dinheiro. Então a bandeja de “pegue-um-iene-deixe-um-iene” ofereceu um pouco consolo.

▼ Você pode ver a arma terrível neste noticiário.

A confusão entre as duas partes, felizmente levou o tempo suficiente para que um policial pudesse ser alertado sobre o crime em andamento, e ele correu para o local para efetuar a prisão.

O suspeito detido foi descrito como “49 anos de idade, sem emprego ou endereço fixo, mas provavelmente bem preparado”.

Reações online

Os moradores de Tokyo provavelmente já estejam acostumados com esse tipo de crime “selvagem”. Mas os de outras partes do Japão expressaram seu terror online. Lembre-se que algumas pessoas têm formas estranhas de expressar seu medo.

“Aparador de pelos do nariz? Hahahahahahaha.”
“Que crime nojento.”
“É um milagre que o policial que o prendeu esteja ileso.”
“É como se ele estivesse começando um jogo PUBG no modo expert.”
“Um lápis teria funcionado melhor.”
“Talvez ele estivesse dizendo “não se mexa” para poder aparar os pelos do nariz do balconista. Então, naturalmente, ele pediu o pagamento pelo serviço.”

Certamente a natureza chocante desse crime continuará a se espalhar pela sociedade enquanto as pessoas tentam esquecê-lo. E muitos japoneses aprenderam que é sempre melhor manter seus aparadores de pelo do nariz em um local seguro.

Fontes: Kyoto ShimbunHachima Kiko e SoraNews24

Receba GRÁTIS notícias do Japão
Copy link