Estrangeiro fica de coração partido ao descobrir que sua foto de Akihabara é boa demais para ser verdade

Mesmo na maior meca otaku do mundo, há um limite para o tamanho das coisas de anime, pelo menos é o que mostra esta foto de Akihabara. Confira!

Leia também:

Foto de Akihabara

Se você é um otaku, Tokyo pode parecer o país das maravilhas. No entanto, no Japão, existe um limite entre o que é realidade ou sonhos dos fãs.

Recentemente, o usuário japonês do Twitter @runndy_music estava por Akihabara, o bairro de Tokyo referência da cultura otaku, quando um viajante estrangeiro lhe perguntou por localizações.

Mas o turista não estava tentando chegar às lojas e locais conhecidos. Não, ele pretendia chegar ao local de uma foto que ele lhe mostrou.

“Um estrangeiro em Akihabara me perguntou onde fica esta estátua”, twittou @runndy_music, “e quando eu disse a ele que a imagem é uma montagem de Photoshop, ele parecia tão triste que meu coração também se partiu por ele.”

Com certeza, não existe nenhuma colegial de anime gigantesca montada sobre o viaduto de trem dessa rua. Mas, em defesa do viajante, a estudante da foto é uma montagem do fabricante de brinquedos japonês Kaiyodo.

No entanto, a figura real não passa nem perto da escala colossal da foto do viajante. E mesmo a maior versão existente, que esteve em um dispay no museu de Kaiyodo, na província de Shiga, tem o tamanho de um ser humano normal.

Reações online

Outros usuários do Twitter reagiram ao mal-entendido do estrangeiro com uma mistura de risos e simpatia verdadeira:

“Que história triste… mas ainda não consegui parar de rir.”
“Bem, pelo menos ele conseguiu chegar a Akihabara, o lugar mostrado na foto.”
“Eles deveriam fazer uma estátua real como esta em Akihabara!”
“Isso seria um verdadeiro deleite para os visitantes estrangeiros”.

Mas, se a sua principal motivação for apenas ver alguma arte gigante da cultura pop, não fica muito longe, de trem, de Akihabara o bairro de Odaiba, em Tokyo. Nele, portanto, há uma gigantesca estátua de um Gundam, sem brincadeira.

Fontes: Twitter/@runndy_music via Hachima Kiko

Comentários

Receba GRÁTIS notícias do Japão
Copy link