Pai japonês compartilha seu engenhoso truque para manter as crianças longe do tédio no trem

Com um truque simples você pode manter as crianças longe do tédio no trem, ou até você mesmo. E como de costume, o sorvete é a saída para nossos problemas. Confira!

Leia também:

Crianças longe do tédio

Os trens-bala Shinkansen, como você pode imaginar pelo nome, são incrivelmente rápidos. São capazes, portanto, de rodar a velocidades acima de 300 quilômetros por hora.

E como são tão rápidos, os trens Shinkansen são usados ​​para viagens de longa distância. Então, se você é um adulto maduro, pode beber sua cerveja enquanto contempla as paisagens do Japão passando pela janela.

Mas para os pequenos, depois que a empolgação inicial de “Estamos em um trem que vai muito, muito rápido” desaparece, o tempo no Shinkansen pode ser entediante.

E ainda, como o Japão sempre valoriza as boas maneiras, você não vai querer que seus filhos ansiosos tornem-se barulhentos ou incomodem os outros passageiros.

Então, como você pode mantê-los quietos e ocupados? Simples, diz o pai japonês e usuário do Twitter @1042limit: é só comprar um sorvete especial que eles vendem a bordo do trem-bala.

É verdade que ficamos felizes em aceitar um sorvete como uma possível solução para um problema. Mas quanto tempo de bom comportamento isso vai durar?

As crianças podem acabar com as sobremesas em segundos. E, uma vez terminadas, elas voltarão a ficar entediadas. E ainda, terão toda a energia extra fornecida pelo açúcar, certo?

É aí que está o segredo. Por isso, é importante comprar-lhes o sorvete a bordo do trem e, especificamente, comprar da marca chamada Sujahta. Uma marca sempre vista nos carrinhos a bordo dos trens-bala do Japão.

Os fãs dizem que seu sabor é rico e cremoso, semelhante ao de Häagen-Dazs. No entanto, não é o sabor que faz de Sujahta um salva-vidas para os pais, mas sua dureza.

Compre Sujahta

▼ “Como de costume, o sorvete Sujahta é muito duro”.

O Sujahta tem uma quantidade de ar extremamente pequena dentro do seu creme, tornando-o extra-denso. Mas é claro que as crianças não podem resistir a esta sobremesa bem na frente delas, certo?

Então, quando você entrega um pote de Sujahta, você não está dando a eles apenas um lanche, mas também uma atividade que consome muita atenção.

Depois que @1042limit deu ao seu filho de dois anos o sorvete, ele disse que passou os próximos 30 minutos em silêncio e contente, sem se preocupar em levantar-se do assento ou reclamar. “É como um presente dos deuses”, disse reverentemente.

O Sujhata é tão duro que, se você, como adulto, estiver com pressa para comer, alguns passageiros experientes do Shinkansen recomendam comprar também um café quente e colocar a bebida em cima do sorvete, para amaciar sua camada superior.

Reações online

Outros usuários do Twitter também compartilharam suas próprias histórias com a marca.

“Eu comecei a comer um Sujhata quando meu Shinkansen saiu da estação Odawara, e demorei até quando chegamos em Nagoya [cerca de uma hora e 10 minutos] para terminar.”
“Eu fui vendedor de comida no Shinkansen e às vezes recebíamos reclamações dos clientes dizendo: “Este sorvete é muito duro!”
“Sempre compro um pote junto com um almoço em caixa de bento, pensando que, quando for a hora da sobremesa ele estará realmente macio … mas nunca está.”
“Eu recomendo derramar um pouco de uísque para amolecer. Fica com um ótimo sabor também.”

▼ Ou você pode usar café quente para fazer um “capuccino” Sujahta.

Mesmo que o Sujahta não seja vendido exclusivamente no Shinkansen, ele é muito associado aos trens de alta velocidade.

Então, esperar até que você esteja a bordo para comprar para seus filhos (ou para si mesmo) garante que ele esteja duro o suficiente para impedi-lo de não ter nada para fazer.

Custando cerca de 290 ienes (US$ 2,60), não é o sorvete mais barato do mundo, mas ainda assim é uma pechincha para manter sua viagem no Japão feliz e livre de estresse.

Fontes: Twitter / @ 1042limit via IT MediaYajiridori via SoraNews24
Imagem em destaque: Twitter / @ 1042limit

Receba GRÁTIS notícias do Japão
Copy link