Kuidaore Taro: já viu o Wally japonês em Osaka?

O Japão é repleto de curiosidades e fatos interessantes sobre pessoas comuns que transformaram a cultura do país. Uma criou o famoso palhaço sorridente Kuidaore Taro.

Quem já caminhou pelas ruas de Dotonbori em Osaka não pode deixar de notar a popularidade do Wally japonês nos restaurantes e estabelecimentos comerciais.

Apesar de não ser um ícone tão importante dentro da história do Japão, como outros heróis japoneses, uma pessoa comum foi capaz de criar um mascote para sua cidade.

Cui-Daoré

Kuidaore Taro

O nascimento do Wally japonês aconteceu em 1949. Rokuro Yamada abriu um restaurante familiar em Dotonbori chamado Cui-Daoré (coma até falir).

Somente em 1950 o palhaço tomou forma. Como o restaurante era um estabelecimento familiar, Yamada precisava de um personagem que atraísse famílias e especialmente crianças.

Foi aí que Rokuro decidiu produzir um boneco grande, colorido e com tambores e baquetas nas mãos.

Quando o Kuidaore Taro estava em processo de criação, Yamada se deparou com um grande dilema: qual rosto escolher para seu mascote?

Após refletir, Rukuro pediu que seu rosto fosse utilizado como modelo para o boneco. O objetivo era que as pessoas se sentissem bem recebidas pelo dono do restaurante.

A ideia fez muito sucesso e o estabelecimento se popularizou rapidamente na região expandindo suas lojas, restaurantes e pratos.

Leia também

10 curiosidades sobre o Monte Fuji

Kotani Makoto: este homem decidiu ser homeless no Japão e está mais feliz do que nunca

O que você sabe sobre a língua japonesa? Teste seus conhecimentos básicos!

Anos dourados

O grande sucesso de Kuidaore Taro e do restaurante Cui-Daoré percorreu o Japão. Quando o imperador Hirohito faleceu em 1989, o Wally japonês usou listras pretas e brancas.

A homenagem ao imperador japonês rendeu cobertura na televisão e agências de notícias de todo país.

Porém, depois de 59 anos de trabalho, o restaurante fechou suas portas em 2008, mas o Kuidaore Taro rodou o Japão em vários eventos.

Sua despedida foi memorável, todo mundo correu para os restaurantes para ver o personagem. Estima-se que eles tenham faturado 900 milhões de ienes nos meses seguintes ao anúncio do fechamento.

Já em 2009 o boneco voltou para Dotonbori em uma cerimônia que contou com a participação do então governador Toru Hashimoto.

O governador agradeceu pela popularidade que o Wally japonês trouxe para a região de Dotonbori e para Osaka.

Você pode encontrar o Kudaore Taro original no lobby do Nakaza Cuidaore Building e se quiser pode acessar o site oficial do boneco.

Gostou do artigo? Não deixe de se inscrever em nossa Newsletter.

Kuidaoro Taro

Comentários

Receba GRÁTIS notícias do Japão
Copy link