Conheça curiosidades interessantes do Studio Ghibli

O Studio Ghibli junto ao nome de Hayao Miyazaki, com certeza, são conhecidos e amados ao redor do globo. Conheça algumas curiosidades!

Curiosidades do Studio Ghibli

Curiosidades Studio Ghibli

O Studio Ghibli foi fundado em 1985 por Hayao Miyazaki, Toshio Suzuki e Isao Takahata. Os três desejavam inovar o mercado cinematográfico da época com algo fresco e inspirador.

Hayao Miyazaki, Toshio Suzuki e Isao Takahata
Hayao Miyazaki, Toshio Suzuki e Isao Takahata.

Primeiro filme oficial

O Castelo no Céu

Oficialmente o primeiro filme do Studio Ghibli é Laputa: Castle in the Sky – O Castelo no Céu – Tenku no shiro Rapyuta.

Lançado em 1986 no Japão, no Brasil em 1989 e nos Estados Unidos apenas em 1991. O filme mistura pirataria no céu, governo secreto, civilizações perdidas e magia em um enredo envolvente e dramático, mas com leveza.

Foi dirigido e escrito por Hayao Miyazaki que já tinha nome no mercado por conta de seus filmes Nausicaa of The Valley of The Wind e Lupin the Third: The Castle of Cagliostro e Future Boy Conan.

Erroneamente muita gente credita o título de primeiro filme a Nausicaa, mas ele foi lançado um ano antes do Studio fazer sua estreia.

Estouro e reconhecimento

O serviço de entregas da Kiki

O Studio Ghibli ganhou fama no Japão em 1989 com o lançamento do filme Kiki’s Delivery Service – Majo no Takkyubin – O Serviço de Entregas da Kiki.

Houve muita divulgação do filme na televisão japonesa e estratégias de marketing (dubladores famosos e trilha sonora estrelada).

Além disso, o enredo cativante e divertido fizeram o filme arrecadar mundialmente U$ 27 milhões.

Kiki é um jovem bruxa de 13 anos de idade que acompanhada de seu gato preto Jiji ao redor do mundo. Esse filme fez o nome de Hayao Miyazaki e o Studio ficarem em evidência.

Isao Takahata

Isao Takahata

Apesar das atenções ficarem voltadas para Hayao Miyazaki, um dos fundadores do Studio Ghibli Isao Takahata também é diretor.

Ele ficou responsável por conduzir o emocionante Grave of The Fireflies – Hotaru no Haka – Túmulo dos Vagalumes de 1988.

O túmulo dos vagalumes

Além disso, ele dirigiu The Tale of Princess Kaguya – Kaguya-hime no Monogatari – O conto da princesa Kaguya também que recebeu uma indicação ao Oscar como melhor animação.

Marca internacional

Princesa Mononoke

Em 1997 com o lançamento do filme Princesa Mononoke – Mononoke Hime – A princesa Mononoke foi o responsável por dar fama ao Studio internacionalmente. Apesar de O Serviço de Entregas da Kiki ter ido bem nas bilheterias.

Além disso, a princesa Mononoke foi um sucesso e lançado no mesmo ano nos Estados Unidos com dubladores populares no elenco naquela época, como Claire Danes, Billy Bob Thornton e Gillian Anderson.

Portanto, o filme abriu caminho para que as outras animações e o nome do Studio fossem bem recebidos no mercado internacional.

Leia também

Kodama: quem são os adoráveis seres espirituais da animação Princesa Mononoke?

Locais que inspiraram os cenários das animações do Studio Ghibli

15 curiosidades da animação Meu Amigo Totoro que você não sabia 

Enredos envolventes

studio Ghibli

Os filmes do Studio Ghibli não mostram personagens comuns e estereotipados do cinema hollywoodiano. Não existe alguém que é classificado apenas como vilão ou um que seja apenas bonzinho.

A Viagem de chihiro

Todos eles tem conflitos duais e as tramas não se resolvem apenas matando o vilão, por exemplo. Todos os personagens tem suas motivações próprias e podemos entender o que os leva a tomar suas decisões.

Os humanos da Iron Town de Princesa Mononoke querem sua sobrevivência, já os deuses da floresta desejam ser deixados em paz. Cada filme tem sua particularidade e faz pensar.

Além disso, em túmulo dos vagalumes, as atitudes da tia são motivadas pelo desespero da guerra e a iminente fome. Os humanos não tem consciência que estão destruindo os tanukis em PomPoko e o personagem Sem Face tem suas motivações também.

Compartilhe! Clique aqui e receba nosso conteúdo exclusivo pelo Facebook Messenger.

Curiosidades do Studio Ghibli

Comentários

Receba GRÁTIS notícias do Japão
Copy link