Japoneses evitam viajar para Kyoto devido ao grande número de turistas estrangeiros

Segundo pesquisa de rede hoteleira os japoneses estão evitando ir a Kyoto, enquanto o número de turistas estrangeiros continua a crescer.

Hotéis locais dizem que os belos templos da antiga capital têm uma imagem recente negativa entre a população japonesa. Muitos consideram os pontos turísticos como congestionados e incovenientes.

Kyoto é bela, mas exige paciência

Se você, que mora fora do arquipélago, está planejando uma viagem ao Japão, Kyoto é praticamente uma parada obrigatória no seu itinerário.

Embora não seja mais a capital política, Kyoto continua sendo o coração das tradições culturais do Japão.

Seus belos templos, santuários e jardins são exatamente o tipo de imagens que enfeitam as capas dos guias de viagem e depois permanecem nos corações de seus visitantes.

Leia também

Ao mesmo tempo, no entanto, os viajantes japoneses que planejam uma viagem dentro de seu país, estão indo para cada vez mais longe da antiga capital.

Um estudo recente da Associação de Turismo da Cidade e do Escritório da Convenção de Kyoto descobriu que em dezembro de 2018, o número de japoneses hospedados nos principais hotéis da cidade de Kyoto caiu 12,2% em comparação com o mesmo mês de 2017.

Dados semelhantes ocorrem com o número anual de viajantes japoneses que permanecem na cidade.

Em 2018, os hotéis pesquisados ​receberam 2.062.716 visitantes japoneses, 4,8% menos do que em 2017.

Essa foi a quarta queda anual consecutiva, após quedas de 4,8% em 2017, 3,8% em 2016 e 4% em 2015, de acordo com o estudo.

Lugar favorito dos turistas estrangeiros

Embora Kyoto pareça ter perdido parte de seu apelo para os viajantes domésticos, é mais popular do que nunca com os visitantes estrangeiros.

Os mesmos hotéis pesquisados, que tiveram uma queda de 4,8% nos clientes japoneses em 2018, viram um aumento de 5,3% nos visitantes estrangeiros, que totalizaram 1.229.030 no ano.

O fluxo des turistas estrangeiros indo para os pontos turísticos mais famosos de Kyoto enchem os ônibus, trens e vagões do metrô que vão até lá.

Esse congestionamento extra vai contra a elegância quieta que é vista há muito tempo como a principal atração da cidade, tornando-a um destino menos desejável para viajantes domésticos.

Embora a Associação de Turismo da Cidade não esteja se queixando de receber mais visitantes estrangeiros, um porta-voz da organização disse que gostaria de ver um equilíbrio no número de viajantes estrangeiros e japoneses que chegam à cidade.

Se há um lado positivo, um dos hoteis pesquisados alega que apesar do estigma recém-adquirido de Kyoto como um lugar lotado para turismo, é realmente mais fácil encontrar um lugar para ficar na cidade, já que nos últimos anos vários novos hotéis, pousadas, e albergues abertos.

Ainda assim, se você está planejando um dia de visitas ao templo em Kyoto, pode ser uma boa ideia ir atrás dos monges e começar o dia bem cedo e evitar filas.

Comentários

Copy link