Imperatriz Emérita Michiko retira câncer de mama

Segundo comunicado oficial da agência imperial japonesa, a Imperatriz Emérita Michiko, 84 anos, retirou com sucesso o câncer de mama no seio esquerdo.

O câncer não apresentava metástase e por isso não precisará passar por radioterapia, já que as chances de ter uma recaída são pequenas.

Michiko fará tratamento com hormônios para evitar que ele cresça novamente. O tipo de câncer que a Imperatriz Emérita tinha era o Luminal A, sensível aos hormônios femininos. Além disso, ela deverá tomar medicamentos por anos e seguirá tendo acompanhamento preventivo.

A cirurgia ocorreu no dia 8 de setembro no hospital da Universidade de Tokyo sob anestesia geral e durou cerca de quatro horas.

Eles fizeram uma mastectomia parcial e o seio foi preservado. A área operada tinha apenas 1 centímetro, mas o tecido ao redor foi retirado também.

O câncer de estágio 1 e não tinha se espalhado para outros tecidos e por isso as chances de cura eram maiores. A anomalia foi detectada por meio de ultrassom no dia 12 de julho em um exame de rotina e foi confirmado no dia 2 de agosto após passar por biopse.

Michiko agradece médicos

Enquanto esteve no hospital, recebeu visita do Imperador Emérito Akihito e de sua filha Sayako Kuroda antes da cirurgia e um dia depois.

Leia também

Terapia da água japonesa é método para perder peso e curar doenças 

Tecnologia promete detectar câncer de mama sem dor e mais rápido 

Imperatriz Emérita Michiko é diagnosticada com câncer de mama

Ela recebeu alta dois dias depois da cirurgia no dia 10 de setembro, já que ela já apresentava sinais de recuperação, estava se alimentando e já caminhava.

Compartilhe! Clique aqui e receba nosso conteúdo exclusivo pelo Facebook Messenger.

Imperatriz Emérita Michiko

Comentários

Receba GRÁTIS notícias do Japão
Copy link