Turismo em Kyoto: cidade lança guia de boas maneiras básicas

Nos últimos cinco anos, o turismo em Kyoto (conhecida como a capital cultural do Japão) cresceu exponencialmente e enfrenta um fenômeno de overturismo.

Como alguns visitantes acabaram perdendo o senso de respeito e convivência com a empolgação de estar em um lugar tão impressionante, Kyoto lançou um guia de regras de etiqueta.

Turismo em Kyoto

Overturismo em Kyoto

As reclamações dos residentes de Kyoto não são um fenômeno novo. A má fama conquistada por conta da atitude de alguns é tão grande que muitos japoneses deixaram de viajar para lá.

Para reverter a situação e tentar uma coexistência mais respeitosa e harmônica entre pessoas de fora do Japão e a população local, o Ministério da Terra, Infraestrutura, Transporte e Turismo lançou uma campanha de conscientização em parceria com o governo de Kyoto.

O projeto

O projeto foi lançado no começo de dezembro de 2018 e conta com cartazes e câmeras de segurança instaladas nas ruas da cidade.

Turismo em Kyoto - Regras de etiqueta

Basicamente eles pedem que as pessoas não andem alcoolizadas de bicicleta sob pena de multa, remover óculos escuros e chapeus na hora de entrar em templos, não tirar fotos em locais proibidos, respeitar o espaço alheio, manter os banheiros limpos, ser respeitoso em locais sagrados, entre outros.

Já no final de setembro de 2019, ao instalar aplicativos de informações turísticas no smartphone, automaticamente uma lista com regras básicas de etiqueta fica disponível.

Primeiro foi testado na famosa rua Hanamikoji no distrito de Gion (conhecida por seus prédios históricos e casa de chá).

regras de etiqueta no celular

Além dos aplicativos, se um turista utiliza a internet de alguns hotéis, também recebe automaticamente a lista ao se conectar com a rede.

Bê-á-bá de Kyoto

Talvez, você imagine que as regras de etiqueta da sociedade japonesa sejam rígidas e complexas demais. O que é verdade.

No entanto, o que a cidade de Kyoto pede não é nada complexo, são posturas básicas de educação. Confira algumas disponíveis no aplicativo.

“Visando proteger a aparência e atmosfera de Gion, por favor observe e siga as regras locais enquanto estiver em Gion:”

1. Por favor, não ande no meio da rua/Por favor, não pare no meio da rua.

2. Por favor, não toque nas lanternas/Por favor, não sente nas cercas Inuyari de bamboo.

3. Por favor, não entre em propriedades privadas.

4. Por favor, não tire fotos de geishas sem permissão.

5. Por favor, não fume na rua.

Leia também

Locais do Japão estão entrada de turistas que não são japoneses por conta do mau comportamento 

Japoneses evitam viajar para Kyoto devido ao grande número de turistas estrangeiros 

Turismo no Japão: 3 costumes de visitantes que os japoneses detestam 

Comportamentos

Uma pesquisa realizada entre os meses de agosto e setembro de 2018 revelou alguns comportamentos considerados abusivos em Kyoto e que incomodam a população local.

Proprietários de restaurantes e moradores locais reportaram ver turistas sentando e deitando no meio das ruas para fotografar.

Além disso, geishas e maikos são as mais afetadas pelos assédios de turistas. Casas e propriedades particulares também foram invadidas.

As entradas não autoridades em residências, propriedades particulares e até mesmo em espaços públicos acabaram com danos.

Além disso, banheiros acabaram muito sujos por conta das pessoas não darem descarga e até fazerem suas necessidades fora do vaso.

Com esses novos recursos disponíveis em inglês e mandarim, o governo de Kyoto espera que casos como esses se tornem cada vez menos frequentes.

Compartilhe! Clique aqui e receba nosso conteúdo exclusivo pelo Facebook Messenger.

Comentários

Copy link