Governa exigirá registro para drones no Japão em 2022

Os drones no Japão já viraram febre e um hobbie comum, muita gente usa para fazer filmagens de locais pela sua beleza, mas o governo japonês está preocupado com a segurança nacional.

O medo é que aconteça um ataque terrorista. Em 2015, um drone foi encontrado no topo do prédio onde fica o escritório do primeiro ministro Shinzo Abe. Em maio de 2019, objetos suspeitos sobrevoaram os arredores do Palácio Imperial e outros locais em Tokyo.

drone não identificado é retirado em caixa selada

Registro

Para diminuir esses incidentes, o governo planeja implementar uma lei que obrigue os donos de drones a fazerem um registro online na alfândega de transporte em aviação civil.

O registro deverá conter nome, endereço, modelo e detalhes do drone incluindo peso, tamanho e fabricante.

Depois de conseguir o número, ele deverá ficar visível no drone. O governo pretende submeter o pedido na Dieta para lançar a nova legislação a partir de abril de 2022, segundo o Kyodo News.

Apesar de fazer filmagens com drones ter se tornado comum, segundo as leis de aviação civil, é proibido voar com os drones de mais de 200 gramas em áreas de grande densidade populacional e perto de aeroportos. Inclusive, esse é um dos maiores motivos de prisão de estrangeiros residentes no país.

Policiais com binóculo vigiando o céu

Apenas em 2018 foram reportados 79 incidentes envolvendo drones no Japão. Em um deles, o aeroporto teve 100 vôos afetados no mês de novembro.

Leia também

Estrangeiros desconhecem leis e isso causa aumento de prisões no Japão

9 realidades ao ser preso no Japão

Bicicleta no Japão: conheça leis, fatos e curiosidades

Em junho, eles revisaram a lei e proibiram pessoas de controlar drones sob influência de drogas lícitas e ilícitas, além de não poder fazer manobras perigosas.

Compartilhe! Clique aqui e receba nosso conteúdo exclusivo pelo Facebook Messenger.

lei para drone no Japão
Receba GRÁTIS notícias do Japão
Copy link