Imperador e Imperatriz do Japão devem visitar áreas afetadas pelo Hagibis

O Imperador Naruhito e a Imperatriz do Japão Masako pretendem visitar Miyagi e Fukushima na quinta-feira para dar força e ver como estão as pessoas afetadas pelo tufão Hagibis que devastou o país em outubro.

Essa será a primeira vez que eles visitarão áreas de desastre desde a ascensão ao trono crisântemeo em maio. Após viajar a Miyagi, o Imperador e a Imperatriz receberão um breve relatório da situação.

Então, eles viajarão a cidade de Marumori em Miyagi no helicóptero de forças de auto defesa. Dez pessoas faleceram naquela região.

Tufão Hagibis

Depois seguirão para Motomiya em Fukushima para olhar as áreas que sofreram inundação. Eles também visitarão pessoas prejudicadas antes de retornar a Tokyo durante a tarde.

A Agência de Casa Imperial relatou que o casal queria visitar os locais que foram afetados o mais rápido possível, mas estavam ocupados com as cerimônias da transição da abdicação de Akihito em 2019.

Leia também

Como montar um kit de sobrevivência contra desastres 

Saiba como reagir em caso de terremoto no Japão

Rei é eleito o kanji do ano de 2019 no Japão em votação popular

O tufão Hagibis foi considerado a maior tempestade do século e foi registrado em fotografias feitas pelos cosmonautas e astronautas da Estação Espacial Internacional.

Além dos danos materiais, o tufão alterou o tempo de colheita no Japão e causou alterações consideraveis em diversos ecossistemas do país.

Mesmo as cidades que não sofreram grandes destruições foram severamente afetados pelos ventos e chuvas torrenciais. Em Tokyo, por exemplo, o sistema de drenagem ficou sobrecarregado e muitas pessoas perderam suas casas por conta dos alagamentos.

Gostou do artigo? Compartilhe! Clique aqui e receba nosso conteúdo exclusivo pelo Facebook Messenger.

Imperatriz do Japão e Imperador Naruhito
Receba GRÁTIS notícias do Japão
Copy link