Jovens japoneses estão mais abertos a morar em áreas menos populosas

Segundo dados de uma organização não governamental Furosako Kaiki Shien que ajuda a atrair pessoas para áreas menos populosas, os jovens japoneses estão procurando lugares mais calmos para viver.

Em 2008, 70% das pessoas que tinham interesse nos serviços da Furosako tinha mais de 50 anos. Já os dados de 2018 mostraram que 70% dos clientes passaram a ter menos de 50 anos.

Muitos buscavam morar em regiões mais calmas para viver a aposentadoria com tranquilidade. Agora, pessoas  ativas no mercado de trabalho com crianças buscam uma recolocação para viver melhor.

Casal de jovens deitados juntos lendo livro

Esses locais do Japão menos populosos sempre buscam atrair mais pessoas e os municípios lançam incentivos com benefícios de moradia, por exemplo.

Nos últimos anos a procura tem sido intensa mostrando que o estilo de vida corrido das cidades grandes não tem sido um atrativo tão bom.

Leia também

Morar no Japão: a pior dificuldade enfrentada por estrangeiros

Qual o custo médio para viver em Kyoto?

Yokohama é primeiro lugar em lista de cidades mais desejadas para morar no Japão 

Morar no Japão: diferenças entre morar no interior ou em metrópolis 

Isso não quer dizer que os jovens desejam morar apenas no interior rural ou em áreas afastadas, mas em locais menos populosos, com oportunidades de trabalho, lazer e transporte. O objetivo não é fazer uma mudança radical.

As regiões mais procuradas têm acesso fácil a Tokyo, já que grande parte trabalha na capital, como Nagano, Yamanashi, Shizuoka e até Hokkaido.

Compartilhe! Clique aqui e receba nosso conteúdo exclusivo pelo Facebook Messenger.

Jovens japoneses

Comentários

Receba GRÁTIS notícias do Japão
Copy link