Aprenda nihongo: Não se diz VOCÊ em japonês

Quem estuda a língua japonesa já deve ter percebido que os livros didáticos não ensinam os pronomes `você´, `ele´ e `ela´. Por conta disso, em turmas dos níveis iniciais não é raro eu receber a pergunta `como se diz VOCÊ em japonês?´.

Atenção para a revelação: Os japoneses não usam a palavra VOCÊ.

A palavra em si existe, que é ANATA. Mas na vida real, em conversas reais, não se usa para se referir à pessoa com quem estamos conversando.

No português tudo é VOCÊ, o tempo todo estamos perguntando: E você?

Você vai? Você viu?

No japonês, substitui-se o pronome pelo NOME da pessoa.

Digamos que o nome da pessoa com quem estamos falando seja Tanaka. Então, em vez de perguntar あなた は? (Anata Wa? / E você? ), dizemos:
たなかさん は? (Tanaka San Wa? E o Tanaka?)

nihongo

Estranho, né? Para falantes de português, perguntar ` E o Tanaka?´ soa como se estivéssemos nos referindo a uma terceira pessoa que não está participando da conversa.

Da mesma forma, é estranho para os japoneses escutar ANATA WA? Porque simplesmente não é costume, e pode até soar um tanto rude. Para eles, é importante tratarem e serem tratados pelo nome.

Eles entendem que alguns estrangeiros podem acabar usando, mas irão se sentir no mínimo um tanto desconfortáveis.

Em muitos casos é desnecessário usar o nome da pessoa para fazer perguntas a ela, inclusive é comum e mais natural ocultar o sujeito e ir direto ao assunto.

Se você está conversando com apenas uma pessoa e lança uma pergunta a ela, fica subentendido que está se referindo a ela.

Por exemplo: Que tipo de música você gosta?
Em vez de perguntar たなかさん、どんな おんがくが すきですか。(Tanaka San, donna ongaku ga suki desuka.)

Basta dizer: どんな おんがくが すきですか。(Donna ongaku ga sukidesuka)

ANATA é uma palavra usada mais para se referir ao público em geral, quando não se dirige para uma pessoa específica, como é o caso de propagandas, cartazes de publicidade, título de livros, filmes, etc

anata livro
Capa do livro: あなたがしあわせになれないりゆう/ ANATA ga shiawase ni narenai riyuu / Os motivos pelos quais você não consegue ser feliz (Foto: divulgação)

KIMI, OMAE, TEMEE ou KISAMA

Talvez você já tenha ouvido as expressões 「きみ」(Kimi)「おまえ」(Omae) 「てめえ」(Temee) ou 「きさま」(Kisama), principalmente se assiste a Animes ou filmes/doramas japoneses. São todas diferentes formas de dizer VOCÊ, mas com conotação e formas de usar diferentes.

KIMI é mais usado por homens e tem a mesma conotação e regra de uso do Anata. Também é uma Pallavra mais utilizada para dizer VOCÊ ao público em geral, como por exemplo é o caso do título do filme ´Kimi no na wa´

君(きみ)の名(な)は / Seu nome

 

De vez quando os homens mais velhos utilizam KIMI para falar com homens mais novos ou com crianças, isso também pode acontecer e não é tão raro.

OMAE é vocabulário masculino e é comum os homens usarem entre amigos, com a namorada e esposa. Entre amigos tudo bem, mas é muito grosseiro tratar uma mulher assim.

Meninos, sejam lindos e jamais tratem uma dama dessa maneira. Meninas, jamais aceitem esse tipo de tratamento e, se acontecer, peguem a bolsa, virem as costas e saiam andando.

Se você for gangster, mafioso ou se simplesmente quiser vender/comprar briga com alguém, use as expressões TEMEE e KISAMA que será o mais adequado.

Resumindo, quando conhecer alguém é importante se certificar de que entendeu bem o nome da pessoa, pois irá precisar dele se quiser fazer bonito durante uma conversa. Caso esqueça, peça educadamente que repitam, dizendo assim:

すみません、おなまえを もういちど おねがいします。
Sumimasen, onamae wo moo ichido onegai shimasu.

SOBRE A AUTORA 
TAINA ONUKI
Filha de mãe brasileira e pai japonês, morou no Japão durante 6 anos. Graduada em pedagogia, hoje mora em São Paulo onde dá aulas de Japonês na maior escola de língua japonesa da América Latina.

 

nihongo
Receba GRÁTIS notícias do Japão
Copy link