Estação de metrô de Shibuya é reinaugurada para atender demanda das Olimpíadas de Tóquio

Shibuya é um dos centros turísticos mais populares do Japão e está se remodelando rapidamente em preparação para as Olimpíadas neste verão.

E a acessibilidade está sendo uma das prioridades do governo japonês. A Ginza Line, linha de metrô mais antiga de Tóquio, reinaugurou a estação de Shibuya, agora totalmente remodelada, na última sexta-feira.

A nova estação de Shibuya tem o dobro do espaço da plataforma em relação à anterior, com 12 metros de diâmetro, e um telhado ondulado na forma da letra M, que provavelmente se tornará um novo ícone do distrito.

Movida a uma curta distância de onde estava antes, a nova estação deve facilitar a transferência de passageiros para a movimentada linha Yamanote e alguns outros serviços de trem.

“A antiga estação tinha muitos problemas estruturais, incluindo portões estreitos e plataformas. Esperamos que a nova seja vista como uma estação segura e conveniente”, disse o presidente da Tokyo Metro Co., Akiyoshi Yamamura, em uma cerimônia de abertura quando o primeiro trem partiu da plataforma às 5 da manhã.

Modernização e facilidade de acesso na nova estação de Shibuya

A Tokyo Metro, que iniciou o trabalho de realocação em 2009, planeja equipar a nova estação com elevadores e portões de segurança da plataforma a tempo para as Olimpíadas e Paraolimpíadas.

Leia Mais

“É bom facilitar as baldeações para outras linhas. O teto é elegante e os turistas estrangeiros provavelmente também vão gostar”, disse Chiaki Kashihara, 25 anos, que usa o metrô para ir trabalhar.

shibuya

A antiga estação, inaugurada em dezembro de 1938, tinha duas plataformas no terceiro andar da loja de departamentos Tokyu. Agora a nova estação tem uma plataforma, a cerca de 130 metros do local antigo.

Para a reabertura, os serviços na Linha Ginza foram parcialmente suspensos por seis dias até quinta-feira. A operadora disse que a suspensão afetou cerca de 1,6 milhão de passageiros.

Compartilhe! Clique aqui e receba GRÁTIS nosso conteúdo exclusivo!

Comentários

Receba GRÁTIS notícias do Japão
Copy link