Japão bane uso de aparelhos eletrônicos (FRS e GRMS) pelo Radio Act

Foi banido no Japão, segundo comunicado do Ministério de Assuntos Internos, dispositivos eletrônicos que usem FRS, GMRS e UHFCB (padrão internacional) em rádios telecomunicadores, walk talk, em celulares, smartphones, entre outros, segundo emenda no Radio Act. A medida foi feita para que ondas de radiofrequência não interfiram mais nos serviços públicos.

Mulher usando walk talk

Padrão internacional banido

De acordo com as informações, equipamentos classificados como Family Radio Service (FRS) e General Mobile Radio Service (GRMS), que são padrões dos Estados Unidos, Australia e Nova Zelândia não podem ser mais usados dentro do país.

Estavam ocorrendo interferências em serviços públicos que são usados para fazer anúncios de desastres naturais e outras questões importantes para a população usando radiofrequência.

No Japão, o corpo de bombeiros, a polícia, profissionais de saúde, entre outros estavam sendo prejudicados.

Wi-Fi e Bluetooth

Portanto, aparelhos que não estejam mais em conformidade das leis japonesas não serão mais permitidos entrar com viajantes em especial roteadores e repetidores de sinal de Wi-Fi e Bluetooth.

Busque pelo selo

Selo Radio Act
Selo oficial Radio Act

Apenas os aparelhos que estiverem adequados com as especificações e com certificação poderão ser usados no país, mas apenas por 90 dias no máximo. Isso no caso de repetidores pocket Wi-Fi que não forem adquiridos no Japão.

Notebooks, videogames, smartphones, fones e câmeras não tem essa restrição se estiverem conectados em rede pública ou por cabo ethernet.

Selo certificação da Alliance

Se for pego usando o aparelho após o prazo será considerado que a ação é uma violação a lei de rádio e poderá ser punido.

Geralmente, os aparelhos tem logos de certificação FCC (EUA) ou CE (Europa) e devem aparecer junto com o selo oficial acima. Já os bluetooths devem ter um selo SIG também.

Leia também

Radio Act

A lei do rádio (Radio Act) existe desde 1950 no Japão para regular licensas para estações, equipamentos, entre outros no país. Além disso, regula aparelhos que usam ondas de rádio com frequências acima de 3,000,000 MHz.

No dia 10 de maio de 2019, a Dieta passou uma emenda na lei para regulamentar o uso de repetidor de Wi-Fi e Bluetooth e começa a entrar em vigor em 2020.

Portanto, não é mais permitido levar o próprio repetidor de sinal Wi-Fi que não seja certificados e seu uso será limitado.

Para ler o Radio Act disponibilizado pelo Ministério de Assuntos Internos e Comunicações, acesse o PDF (apenas em inglês) <Radio Law>.

Radio Act

Comentários

Receba GRÁTIS notícias do Japão
Copy link