Japonês é preso ao tentar resgatar prêmio da loteria com bilhete falso

Um homem que tentou usar um bilhete de loteria forjado para reivindicar o prêmio máximo de 700 milhões de ienes (por volta de 26 milhões de reais) foi preso no local pela polícia no último dia 6 de janeiro.

O suspeito Tomoaki Yamamoto, 42, um residente desempregado de Yokkaichi, foi preso por suspeita de tentativa de fraude pela polícia de Nakamura na província de Aichi.

O prazo para trocar bilhetes por ganhos associados ao sorteio de 2018 era até o dia 6 de janeiro.

Yamamoto nega a acusação, dizendo: “É um dos bilhetes de loteria que comprei de um vendedor legítimo”.

Leia Mais

Suspeita-se que Yamamoto tenha tentado obter os 700 milhões de ienes do sorteio ao apresentar um falso bilhete vencedor a um funcionário do banco, em uma agência do Banco Mizuho de Nagoya.

No entanto, o funcionário desconfiou do suposto felizardo e a tentativa fracassou.

Segundo a polícia, o funcionário do banco denunciou o homem pelo número de emergência 110: “Eu tenho um cliente aqui com um bilhete de loteria que parece ter sido falsificado”.

A polícia não revelou mais detalhes, mas disse que, se analisado rapidamente, não era possível saber se o bilhete estava falsificado.

takarakuji
Receba GRÁTIS notícias do Japão
Copy link