Museu do Studio Ghibli libera vídeos exclusivos em seu canal!

Se você sempre sonhou em visitar o Museu Ghibli, mas nunca teve oportunidade, agora é sua chance! Não são apenas os museus de arte do Japão, o Museu Ghibli está agora compartilhando vídeos diários de seu interior para fã nenhum ficar na mão nesta Golden Week.

Foto: Conde Nast Traveler

Quem é fã do Studio Ghibli já deve ter ouvido falar do museu que é um verdadeiro santuário secreto, não é mesmo? Isto porque os visitantes não são autorizados a tirar fotos ou gravar vídeos de seu interior desde que foi inaugurado, em 2001.

Como uma das atrações mais atraentes da região Tóquio e de todo o Japão, as instalações do museu não são apenas um santuário para a arte e os artistas do Studio Ghibli, co-fundado por Hayao Miyazaki, o diretor mais famoso do estúdio, é também o único lugar do mundo para ver a lendária continuação de Tonari no Totoro (Meu Amigo Totoro, 1988): um vídeo curto de 14 minutos que é exibido em rotatividade com outros vídeos que só podem ser vistos no museu.

Talvez o maior atrativo do museu venha justamente dessa aura de mistério criada por sua política de não fotografia. Os visitantes não podem tirar fotos ou gravar vídeos dentro do museu a fim de, dizem, manter o foco nas exposições e emoções do momento.

Com a situação atual, sem precedentes na história, o Museu Ghibli abre suas portas e inicia uma série de vídeos mostrando como é por dentro.

Vídeo de estreia

O primeiro vídeo começa no jardim em frente à entrada principal do museu, no bairro de Mitaka, em Tóquio. Ao passarmos pela porta, entramos na área de recepção, onde os visitantes mostram seus ingressos, enquanto permanecemos sob a luz que flui através dos vitrais que mostram cenas dos filmes Ghibli.

Olhando para cima, entre os galhos do afresco que se estende até o teto, você verá algumas das maiores estrelas do estúdio, como as irmãs Mei e Satsuki, de Meu Amigo Totoro, e Kiki, de Serviço de Entregas da Kiki.

O segundo vídeo do Museu Ghibli

O segundo vídeo nos leva à exibição permanente do primeiro andar do museu: “Onde um filme começa”

O local é cheio de arte e literatura, e as legendas japonesas descrevem a exposição da seguinte forma:

“Nesta sala, herdada de seu avô, o garoto deixa sua imaginação fluir. Isto é onde o filme começa, com ideias, conceitos e rascunhos.”

 


Leia também


A razão de exibir os vídeos online

O Museu Ghibli está oferecendo esta rara oportunidade pois está fechado desde fevereiro, devido ao coronavírus, e não há uma programação definitiva de quando voltará a abrir.

O feriado da Golden Week costuma ser um período no qual os japoneses em folga usam para visitar o museu, mas neste feriado, devido às circunstâncias, ao menos os vídeos podem ser um consolo àqueles que planejavam visitá-lo.

E para os fãs do resto do mundo (que não tem como visitar de qualquer forma), é uma alegria poder ver o museu mesmo que virtualmente.

O terceiro vídeo

O terceiro vídeo, intitulado “Noite”, mostra um lado do museu que muitos visitantes não tem oportunidade de ver, uma vez que o museu costuma fechar às 18:00h.

Os vitrais coloridos emanando luz são lindos de se ver.

“Para o museu noturno, isto é tudo por hoje.”

Assim termina o vídeo, com a promessa de que mais está por vir.

Visite o canal de Youtube do Studio Ghibli e acompanhe os vídeos postados semanalmente.

 

Fontes: 三鷹の森ジブリ美術館 GHIBLI MUSEUM, MITAKA e Ghibli Museum, Mitaka via SoraNews24

Receba GRÁTIS notícias do Japão
Copy link