“Vistos de reprodução”, a nova tentativa de aumento da natalidade no Japão*

Como se sabe, o aumento da natalidade no Japão é um problema que o país enfrente há anos. Parece que até agora nenhuma das medidas tomadas pelo governo conseguiu fazer um verdadeiro boom para que o problema fosse sanado.

Assim, em mais uma medida para conseguir esse feito, o governo japonês anunciou que irá liberar os “vistos de reprodução” para determinadas pessoas. Eles não são para qualquer um, mas somente para aqueles que se enquadram em certas características.

Dessa maneira, conheça aqui um pouco mais sobre essa medida. Será que dessa vez ela irá funcionar?

O que é o “visto de reprodução” para o aumento da natalidade no Japão?

Os vistos de reprodução serão destinados para qualquer pessoa que seja residente de outro país.

Para solicitar o visto, a pessoa deve se dirigir até o consulado japonês e preencher uma série de documentos, a partir daí, as autoridades japonesas avaliarão se será possível liberar o visto.

Assim, existem mais alguns requisitos que é preciso preencher, como, por exemplo:

  • ser maior de 21 anos;
  • ter bos saúde física;
  • ter boa saúde mental.

Vale ressaltar que esses são apenas alguns dos requisitos. Como o governo japonês ainda está fazendo as definições de para quem irá liberar o visto, essas informações podem sofrer alterações e outras características serem adicionadas.

Após solicitado, a resposta do consulado é muito mais rápida do que no caso de solicitar um visto de turismo e trabalho. Podendo ter a aprovação em somente 1 dia útil.

Além disso, é possível ficar somente uma semana no país. Após o prazo, os titulares de vistos de reprodução deverão fornecer evidências de pelo menos uma gravidez que eles tenham auxiliado a induzir.

Conforme o passar do tempo, o governo japonês pretende ainda deixar que esse visto tenha a duração de somente um dia e também a duração de um mês.


Leia também:


A dificuldade do aumento da natalidade no Japão

Uma das principais questões que fazem com que o governo japonês incentive a natalidade no país se deve ao elevado número de idosos que há por lá.

Assim, mesmo que os novos casais tenham filhos, a quantidade não tem sido suficiente para que no futuro essas crianças já adultas paguem os devidos impostos para auxiliar os idosos.

Portanto, a questão da natalidade não pode ser compreendida no Japão sem levar em conta a longevidade de seu povo. Sendo que, as questões econômicas estão entre as principais preocupações do governo, afinal de contas, é preciso ter um grande número de pessoas pagando impostos para que os idosos tenham um assistência adequada.

Outro fator que faz com que os adultos não queiram filhos é a alta dedicação dos japoneses ao trabalho. Assim, eles se preocupam mais em trabalhar do que se dedicar somente à ter filhos e constituir uma família grande.

Dessa maneira, essa é somente mais uma das medidas que o governo pretende adotar para que esses números melhorem.

 

* Fonte: SoraNews. Post de primeiro de abril no Japão ^^! Não existe visto de retenção.

Receba GRÁTIS notícias do Japão
Copy link