Estrangeiros com vistos de residência poderão retornar ao Japão

A partir de setembro, o Japão vai afrouxar as amplamente criticadas restrições à saída e entrada de viajantes do exterior, permitindo que todos os residentes estrangeiros com status de residente (visto permanente, empresários e estudantes) retornem ao arquipélago.

Será permitido a reentrada no país com algumas condições, incluindo testes de pré-entrada para COVID-19, disseram autoridades governamentais na sexta-feira.

O governo disse também que está trabalhando para agilizar a emissão de novos vistos para permitir a entrada de alguns empresários que não puderam retornar devido às restrições impostas.

Foi decidido na sexta-feira suspender as rígidas restrições à reentrada de estrangeiros com status de residência legal no Japão, que foram introduzidas em 3 de abril como uma medida preventiva com o objetivo de conter a propagação do vírus.

A política revisada permitirá que todos os residentes estrangeiros retornem ao país após notificar as autoridades de imigração sobre seus planos de viagem.

Condições para reentrada no Japão

aeroporto japao

A partir de setembro, os residentes estrangeiros serão obrigados a se submeter a testes de coronavírus ao entrar e observar um período de quarentena de 14 dias. As mesmas condições se aplicam a cidadãos japoneses vindos do exterior.

Além disso, no entanto, todos os estrangeiros deverão apresentar prova de que foram testados para COVID-19 dentro de 72 horas antes de sua partida.

A condição já foi imposta a estudantes, portadores de visto de trabalho e pessoas com visto de “estadia familiar” que haviam deixado o Japão antes da imposição da proibição e tiveram permissão para retornar em 5 de agosto.

A partir de terça-feira, a condição será aplicável a todos os residentes e recém-chegados.

O anúncio ocorre em meio a críticas cada vez maiores à política existente por parte da comunidade estrangeira e de grupos empresariais fortemente afetados pelas restrições a viagens, que impediram milhares de pessoas de ter acesso a seus meios de subsistência por meses e foram descritas como discriminatórias.

Sob as restrições de viagem existentes, apenas residentes estrangeiros que haviam deixado o país antes da introdução das restrições de entrada foram autorizados a retornar.

Enquanto isso, aqueles que deixaram o país depois que seus destinos foram adicionados à lista de proibição de entrada e aqueles que estão planejando deixar o país temporariamente precisam de permissão especial para reentrar dos funcionários da imigração.

aeroporto japao
Receba GRÁTIS notícias do Japão
Copy link