Comportamentos considerados rudes em outros lugares, mas perfeitamente normais no Japão

Existem muitas regras de comunicação no Japão e às vezes elas podem parecer confusas sobre o que é ou não apropriado. No entanto, existem alguns comportamentos que seriam considerados indelicados em outros países, mas no Japão, essas regras não são aplicáveis.

1. Não dar gorjeta

Não existe um sistema de gorjetas no Japão e o fato surpreendente é que às vezes as gorjetas são consideradas um fator que pode ferir o orgulho de uma pessoa. Dar gorjetas pode criar inconvenientes para os clientes e as pessoas que prestam o serviço. Sem gorjetas, cria-se um senso de igualdade entre todos dentro do setor de serviços, fazendo com que as pessoas se sintam mais confortáveis ​​e, com isso, a produtividade do trabalho é aumentada. Graças a isso, a indústria de serviços japonesa é considerada uma das melhores do mundo.

2. Ser indireto

Os japoneses não gostam de conflitos e, como resultado, geralmente não tratam dos assuntos diretamente. As reclamações também são ditas de uma forma muito mais leve e muitas vezes você precisa pensar no significado oculto para realmente entender o que elas querem dizer a você.

Além disso, em muitos casos, os japoneses costumam exagerar seus comentários. Por exemplo, mesmo que seu japonês seja apenas moderado, eles ficarão dizendo como é bom na sua frente. Isso não significa que os japoneses estão sendo sarcásticos quando falam com você. Em vez disso, é seu gesto de ser extremamente educado.

Às vezes, isso pode ser uma fonte de conflito cultural porque, em outras culturas, ser indireto costuma ser considerado desrespeitoso.

3. Interromper com interjeições enquanto a outra pessoa está falando

Ao conversar com um japonês, você frequentemente os ouvirá interromper uma conversa com “Eh?”, ou “Souka” (entendo) ou “Hontou ni?!” (Mesmo?!). Embora interromper enquanto os outros estão falando seja considerado rude em muitos países, no Japão é visto como uma demonstração de interesse por suas histórias. Para os japoneses, essa é uma forma de expressar sua atenção, cuidado e desejo de saber mais sobre os assuntos que você está falando!


Leia também


4. Não segurar as portas abertas para outras pessoas

Na maioria das situações, os japoneses raramente abrem a porta para outras pessoas. No Japão, não existe algo como ‘os homens devem segurar as portas para as mulheres’. Isso não significa necessariamente que os homens japoneses sejam indelicados porque, para eles, ser um cavalheiro não tem nada a ver com segurar uma porta.

5. Produz ruído ao comer

Ao comer macarrão (ramen, soba ou udon), fazer barulho o mais alto possível é o mesmo que respeitar o chef que fez o prato para você. Portanto, essa ação é totalmente normal para os japoneses. Claro, leva tempo para se acostumar com esse hábito. Além disso, algumas pessoas acreditam que a comida tem um sabor muito melhor quando você come e produz ruído ao mesmo tempo!

6. Gritar por serviço em um restaurante

O que fazer quando precisar chamar um garçom à sua mesa quando estiver comendo fora? Basta gritar “Sumimasen!” (com licença) em voz alta e eles estarão ao seu serviço o mais rápido possível. Isso é uma coisa normal de se fazer em restaurantes japoneses!

E quanto a você?

Estes comportamentos podem ser estranhos no início, mas se você passar bastante tempo no Japão, qualquer viajante pode se acostumar com eles. Algumas coisas como não ter que dar gorjeta ou não se preocupar em comer fazendo barulho podem ser bastante convenientes! Qual desses comportamentos foi o mais interessante para você?

Fonte: Japan Info

Receba GRÁTIS notícias do Japão
Copy link