80% dos japoneses querem cancelamento ou adiamento das Olimpíadas

Segundo uma pesquisa recente, o apoio à realização das Olimpíadas de Tóquio, adiadas pem ,2020 pela pandemia de COVID-19, atingiu uma nova baixa no Japão.

Pouco mais de 80% dos entrevistados pela agência de notícias Kyodo disseram que o grande evento global deveria ser cancelado ou adiado novamente.

Um salto de cerca de 60% em uma pesquisa de 6 de dezembro feita pelo mesmo veículo.

A pesquisa entrevistou 1.041 participantes em todo o país, que foram selecionados por discagem aleatória.

Os organizadores do evento disseram que outro atraso está fora de questão e insistem que os Jogos continuarão, apesar do estado de emergência declarado na área da grande Tóquio devido ao aumento de casos COVID-19.

Números da pesquisa

Na pesquisa telefônica nacional de domingo, cerca de 35% das pessoas que eram a favor do cancelamento total, enquanto cerca de 45% disseram que o evento deveria ser adiado uma segunda vez.

O estado de emergência na capital e regiões vizinhas é menos rígida do que os bloqueios severos vistos em outras partes do mundo e tem como alvo principal restaurantes e bares, que foram solicitados a fechar mais cedo.

O primeiro-ministro Yoshihide Suga disse na semana passada que o Japão está comprometido em realizar uma Olimpíada “segura”.

Ele disse acreditar que o ânimo do público mudará quando o país começar a vacinar, atualmente marcada para o final de fevereiro.

Mas, Dick Pound, oficial sênior do Comitê Olímpico Internacional, disse à BBC que não poderia “ter certeza” de que os Jogos seguiriam adiante, porque “o grande problema em curso seriam os surtos do vírus”.

Duas pesquisas em julho mostraram que a maioria achava que o evento deveria ser adiado novamente ou cancelado, enquanto uma pesquisa divulgada em dezembro pela emissora nacional NHK descobriu que apenas 27 por cento dos entrevistados apoiaram a realização dos Jogos em 2021.

 

Fonte: Kyodo

Receba GRÁTIS notícias do Japão
Copy link