Um premiado escritor japonês pode te inspirar a começar a correr

Haruki Murakami é um escritor japonês que já recebeu inúmeros prêmios. Suas obras são conhecidas como uma expressão da literatura contemporânea. Além disso, ele também é reconhecido por traduzir do inglês para o japonês obras de grandes escritores.

Suas influências são as mais diversas. Muitas vezes ele chega até mesmo a ser criticado no Japão por não ter influências que não são orientais. Assim, muitos japoneses até mesmo dizem que ele não é um escritor japonês propriamente dito.

Suas obras costumam a abordar o cotidiano com um estilo mais melancólico e envolvente. Mas, um de seus romances, pode fazer com que você tenha uma nova visão sobre a prática de esportes, principalmente da corrida.

Conheça aqui um pouco mais sobre o seu libro Do que eu falo quando falo de corrida. Este foi lançado no Brasil no ano de 2010 pela editora Alfaguara.

O escritor japonês e o ato de correr

Este livro não é para você tentar te tornar saudável. Mas sim um escrito sobre o que significa a corrida na vida deste escritor japonês.

Assim, nesse livro você pode tomar contato com o que ele pensa e sente sobre a corrida. O livro foi escrito entre o verão de 2005 e o outono de 2006. O mais interessante é que o autor tentou trazer para essa obra as sensações que tinha no momento em que escreveu. Ou seja, ele tenta ser o mais honesto sobre esses sentimentos, sem passar depois por diversas revisões e reescritas.

Sendo assim, é uma obra com uma série de lições de vida. Em que o foco se trata de mostrar como sofre é um opção, por mais que uma dor seja inevitável, como o próprio autor diz na introdução do livro.


Leia também:


Um livro sobre corrida e muito mais

Não pense que o livro é uma obra que pretende falar sobre corrida e uma certa filosofia que pode existir.

O escrito japonês não cai nesse clichê. Ao contrário, ele somente pretende mostrar como a corrida lhe é benéfica no cotidiano. Ao mesmo tempo em que mostra a sua rotina de exercícios e as suas observações enquanto corre.

Assim, ele também não pretende fazer com que as pessoas que leiam a sua obra acabem se tornando ótimos competidores. Mas trata-se de uma transformação que a própria corrida proporcionou para o escritor. Além disso, ele também mostra como a corrida o fortaleceu no seu dia a dia.

Assim, a corrida para ele é muito mais do que um exercício físico.

A paixão de Murakami pela corrida começou logo após também ter encontrado uma outra de suas paixões: a escrita.

Hoje em dia, ele não é um simples corredor. Ao contrário, ele é um maratonista e também um triatleta.

Murakami é considerado um dos maiores escritores vivos, e já até mesmo ganhou o famoso prêmio Franz Kafka no ano de 2006.

Receba GRÁTIS notícias do Japão
Copy link