Otoshidama de Ano Novo: é hora de presentear as crianças com dinheiro no Japão

Começou um novo ano e agora, no Japão, é o momento de presentear as crianças e jovens com o otoshidama. Esse é um dinheiro do presente de Ano Novo que as crianças e jovens podem receber de vários parentes.

Embora não haja um consenso claro sobre a idade em que as crianças devem parar de receber otoshidama, parece haver algumas práticas geralmente aceitas para a doação – ou seja, em termos de valores monetários.

Para descobrir quanto dinheiro os adultos acham apropriado dar a crianças de todas as idades diferentes, a All About News entrevistou 335 pessoas em todo o país entre 11 e 20 de dezembro. Os entrevistados variaram em idade de 20 a 70 anos, com a maioria em 30 e 40 anos. veja aqui os resultados da pesquisa.

Quanto os japoneses dão de otoshidama?

Aqui estão as respostas mais comuns da pesquisa sobre quanto dinheiro deve ser dado a diferentes faixas etárias com base no ano na escola.

Pré-escolar

  1. 1.000 ienes (8,69 dólares): 31,04 por cento dos entrevistados
  2. Menos de 1.000 ienes: 27,16 por cento
  3. Não dê nenhum dinheiro: 20,3%

Mais da metade dos entrevistados concordaram que as crianças que ainda não atingiram a idade escolar primária ainda mereciam um pequeno presente de 1.000 ienes ou menos. Esse valor seria de aproximadamente R$55,00.

Entre aqueles que não dão nenhum otoshidama às crianças pré-escolar, muitos escreveram que optam por comprar pequenos presentes, como brinquedos e doces.

Ensino fundamental inferior (séries 1-3)

  1. 1.001-3.000 ienes: 44,48 por cento
  2. 1.000 ienes: 23,28 por cento
  3. 3.001-5.000 ienes: 17,91 por cento

Ensino fundamental superior (4-6 séries)

  1. 3.001-5.000 ienes: 44,78 por cento
  2. 1.001-3.000 ienes: 28,66 por cento
  3. 5.001-10.000 ienes: 16,72 por cento

A escola primária no Japão é composta por séries 1-6. Para os fins desta pesquisa, as crianças em idade escolar primária foram divididas em dois grupos – aquelas nas séries mais baixas e aquelas nas séries superiores. Otoshidama entre 1.001-3.000 ienes cfoi a resposta mais comum para os graus inferiores, enquanto 3.001-5.000 ienes foi o mais comum para o superior.

Com relação ao pensamento deles, um entrevistado afirmou: “Eu dou 3.000 ienes porque eles finalmente devem ser capazes de entender o conceito de dinheiro”, enquanto outro escreveu: “5.000 ienes. Isso é o suficiente para eles comprarem um videogame.”

Em geral, parece haver uma regra não oficial do ensino fundamental de que você deve multiplicar o ano de uma criança na escola por 1.000 ienes. Este sistema também serve como um doce incentivo para eles a cada ano à medida que progridem na escola.

Ensino médio

  1. 5.001-10.000 ienes: 45,67 por cento
  2. 3.001-5.000 ienes: 34,03 por cento
  3. 1.001-3.000 ienes: 8,66 por cento

Os prêmios em dinheiro continuam subindo para estudantes do ensino fundamental. Quase metade dos entrevistados afirmou que dá essa faixa etária em algum lugar na faixa de 5.001-10.000 ienes (entre R$280 a R$550) para otoshidama. Uma vez que essas crianças somam todo o seu dinheiro de vários parentes, muitas delas provavelmente se dão muito bem para si mesmas.

Ensino médio

  1. 5.001-10.000 ienes: 51,04 por cento
  2. 10.001-15.000 ienes: 21,79 por cento
  3. 3.001-5.000: 13,43 por cento

Pouco mais da metade dos entrevistados escreveu que desembolsam 5.001-10.000 ienes para estudantes do ensino médio, seguidos por um aumento impressionante de até 10.001-15.000 ienes do próximo maior grupo. “Tem que ser 10.000 ienes quando eles estão acima do ensino fundamental com base no que as roupas e o entretenimento custam hoje em dia”, escreveu um entrevistado.

Por outro lado, em alguns casos, o valor monetário parecia se estabilizar para essa faixa etária, já que os alunos do ensino médio são elegíveis para trabalhar meio período e podem ganhar dinheiro por conta própria. Que pena para aqueles trabalhadores…

Universidade

  1. Não dê nenhum dinheiro: 42,99 por cento
  2. 5.001-10.000 ienes: 24,78 por cento
  3. 10.001-15.000 ienes: 19,4%

As respostas da pesquisa estavam em todos os lugares em relação aos estudantes universitários, com opiniões extremamente variadas sobre se eles deveriam receber otoshidama, muito menos o quanto é apropriado. “Considero estudantes universitários adultos para não dar nada”, escreveu uma pessoa. Outros pareciam considerar a idade de 20 anos, que é a idade adulta no Japão, como os principais critérios de corte. Em suma, parece depender fortemente dos costumes de cada família em particular para essa faixa etária.

Fonte: Japan Today.

Receba GRÁTIS notícias do Japão
Copy link