Homem é processado por fazer baldeação no Japão de graça por 4 anos

Segundo o Asahi Shimbun, um homem na casa de seus 50 anos burlou o sistema de transporte público para não pagar o transporte para ir ao trabalho.

A polícia de Osaka levou o caso a justiça alegando que o empregado da empresa Hitashi System’s violou as leis.

Ele pagava 120 ienes na estação Koriyama em Yamato Koriyama em Nara e depois tinha que pegar outro transporte até Kitashinchi em Osaka onde trabalha. O preço do bilhete era de 710 ienes, mas o homem não pagava.

Catraca no Japão

Foi verificado nas câmeras de segurança que ele andava perto de quem fosse passar a catraca automática. Então, ele aproveitava os segundos antes dela fechar para passar sem pagar.

Leia também

Estrangeiros desconhecem leis e isso causa aumento de prisões no Japão 

Safe Cities Index: Tokyo é eleita cidade mais segura do mundo 

Transporte público no Japão: verdades e mitos sobre o metrô

Segundo a companhia Japan Railway Co, ele deixou de pagar 800.000 ienes em passagem. Os policiais começaram a investigar o homem depois que uma denúncia foi feita. Outro passageiro alertou um operador de trem.

Quando foi confrontado pela polícia admitiu que recebia o dinheiro para o transporte da empresa que trabalhava, mas fez isso, pois queria o dinheiro para jogar.

Compartilhe! Clique aqui e receba nosso conteúdo exclusivo pelo Facebook Messenger.

Homem deixou de pagar baldiação
Receba GRÁTIS notícias do Japão
Copy link