Kawasaki aprova lei inédita contra discurso de ódio

Kawasaki estipulou por lei que haverá punição criminal contra discursos de ódio. A medida foi feita para repelir e evitar preconceito racial no Japão.

Manifestantes seguram placas contra o racismo

Essa é a primeira lei desse tipo no Japão e com pena para infratores. Muitos coreanos nascidos no país ou de outras nacionalidades sofrem preconceito.

O discurso de ódio tem sido um problema frequente em Kawasaki onde muitos coreanos vivem. Em 2016, o governo instituiu uma lei, mas foi insuficiente já que apenas ditava princípios básicos para solução de problemas e não punia criminosos.

Existem leis parecidas em Osaka e Tokyo, mas com o mesmo problema onde não há punição adequada. A lei de Kawasaki entrará em vigor a partir de julho de 2020.

Pessoas que direcionarem discursos de ódio contra os residentes coreanos e seus descendentes poderão pagar uma multa de 500.000 ienes.

Leia também

Descubra quem são os japoneses do Uyoku Dantai

História emocionantes de soldados japoneses da Segunda Guerra Mundial 

Top 5 super herois japoneses pouco conhecidos no Brasil

Segundo reportagem do Asahi Shimbun, muitos estão acostumados a ouvir frases de ofensa em locais públicos. Tem gente que coloca faixas e banners com discurso de ódio.

Primeiro será dada uma notificação e se a atitude continuar, a pessoa será levada a julgamento e se for considerada culpada, receberá a multa.

Compartilhe! Clique aqui e receba nosso conteúdo exclusivo pelo Facebook Messenger.

Lei contra discurso de ódio em Kawasaki
Receba GRÁTIS notícias do Japão
Copy link