Poluição no Japão pode influenciar descolamento da placenta em grávidas

Segundo novos resultados descobertos por cientistas japoneses, a poluição no Japão pode causar descolamento de placenta.

Quando isso ocorre, o nascimento deve ser feito por indução ou cesárea. Cerca de 1% das grávidas sofrem desse problema.

Os cientistas das universidades de Kyushu e Toho, descobriram que a poeira amarelada causa uma inflamação no corpo. Eles fizeram um estudo em nove prefeituras no Japão incluindo Tokyo, Osaka e Nagasaki entre 2009 e 2014.

Leia também

Poluição sonora no Japão: o país mais barulhento do mundo?

Poluição em Tokyo: confira as próximas medidas para resolver esse problema

Por que é tão comum os japoneses usarem máscaras?

Então, analisaram o parto de 3.000 mulheres. Fizeram parte do estudo 114 hospitais ou centros médicos em dias que a poluição estava em um certo nível.

Os resultados foram preocupantes. Quem deu a luz entre um a dois dias após a exposição dessa areia amarelada teve 1.4 vezes mais chances de ter descolamento de placenta ou outras emergências no parto.

Segundo Takehiro Michikawa, estudioso de saúde ambiental, eles continuarão a fazer suas pesquisas. O objetivo será descobrir se o descolamento é influenciado pela poeira, pelos microrganismos ou outros fatores da poluição.

Poeira amarelada

Pó da poluição encobrindo o céu

Essa areia amarelada é muito comum na Ásia e está diretamente relacionada a problemas de saúde. Nuvens densas cobrem o céu em certos dias, principalmente, na primavera e no verão.

Avisos de alertas são comuns em dias com mais intensidade e a recomendação é não sair de casa. Por ano, 60 mil pessoas morrem por problemas respiratórios no Japão causados pela poluição.

Desde os anos 90 com o crescimento industrial da China, essas partículas começaram a se mover ao Japão e Coreia do Sul, segundo o professor da universidade de Kyushu e estudioso da poluição.

Compartilhe! Clique aqui e receba nosso conteúdo exclusivo pelo Facebook Messenger.

Poluição no Japão

Comentários

Receba GRÁTIS notícias do Japão
Copy link