Por que geishas e maikos são tão assediadas no Japão?

O assédio a geishas e maikos (aprendizes) por turistas estrangeiros e até mesmo japoneses levaram a cidade de Kyoto a tomar medidas drásticas nos últimos tempos.

Com o crescente número de visitantes na capital cultural do Japão, as autoridades se viram obrigadas a proibir o assédio as geishas por lei sob pena de multa de até JP¥ 10.000,00 (R$ 379,60).

Além do óbvio absurdo do assédio agressivo, existem outros problemas profissionais que surgem quando um visitante vai a Kyoto para “caçar geishas”.

geisha andando com pessoas em sua volta

Por mais que o turismo seja uma importante ferramenta econômica de um país ou de uma região, a vida cotidiana continua.

Problemas profissionais

Geisha andando por Kyoto

Por se tratar de um símbolo cultural do Japão no mundo inteiro, as geishas e maikos possuem rotinas extremamente corridas.

Quando elas estão em trânsito na rua, normalmente estão indo de um compromisso a outro. Logo, quando um turista as aborda ainda que de forma gentil acaba atrasando a artista em seus compromissos e apresentações.

Pontualidade é um valor muito forte na sociedade japonesa, especialmente entre as geishas e maikos que reconhecem a quantidade de pessoas que por vezes atravessam o mundo apenas para vê-las se apresentando.

Para essas garotas e mulheres, um pequeno atraso significa faltar com respeito aos que se dedicaram de alguma forma a comparecer a uma apresentação. Aliás, as apresentações oficiais são uma ótima forma de apreciar e ver essas mulheres no Japão.

Leia também

Efeitos psicológicos

Para além da questão de trabalho, boa parte não gosta de ser fotografada na rua sem permissão. De acordo com Maria Superata, proprietária do blog GeishaKai, para essas artistas é como se os turistas estivessem em um grande safari onde elas são os “animais” mais cobiçados.

Além disso, o respeito a privacidade a essas jovens garotas é praticamente inexistente nos constantes casos de assédios.

Como se não bastasse, sabe-se também que, tanto turistas estrangeiros, quanto japoneses ameaçam e perseguem durante a noite, por vezes até as suas casas. Quando ignorados se tornam agressivos com xingamentos.

Geishas andando por Kyoto

Comentários

Receba GRÁTIS notícias do Japão
Copy link