Produção de kimonos em Kyotango celebra 300 anos!

A cidade de Kyotango é um pequeno paraíso gastronômico e turístico na província de Kyoto pouco explorado por turistas. Também é lá que a maioria dos kimonos do Japão são feitos.

Kyotango

Kyotango

Localizada na península Tango ao norte de Kyoto, Kyotango é uma das cinco cidades da província com acesso ao Mar do Japão (costa do Oceano Pacífico).

Kyotango

É reconhecida por sua excelência na qualidade do arroz, do saquê e seus frutos do mar. O prato mais apreciado da gastronomia local são os caranguejos no inverno.

Apesar de toda sua beleza natural, experiência gastronômica e muitos outros atrativos, a região é pouco visitada por turistas. A razão é climática.

Normalmente Kyotango tem o céu mais nublado e o sol aparenta brilhar menos do que nas outras regiões. Além disso, o oceano Pacífico é gelado.

E por falar em frio, por vezes, os invernos podem durar mais do que esperado em condições bem severas. Se por um lado isso prejudica o turismo, isso também faz de Kyotango um lugar mais intimista.

E no princípio era a seda

Seda

Embora a nova Kyotango tenha sido inaugurada em 2004, sua história é tão antiga quanto o próprio estado japonês. Desde o período Nara (710 – 794), essa região de Kansai forneceu seda ao Imperador e sua corte.

Por cerca de mil anos Kyotango produziu seda de alta qualidade para a aristocracia japonesa. Mas por volta de 1720, os produtores da região aprenderam uma técnica criada em Kyoto chamada chirimen.

Além de levar a nova técnica, esses tecelões implementaram e desenvolveram o chimiren por toda a península de Tango. Era o início de uma nova era.

Supremacia tecelã

Kimonos

Ao final do período Edo e início da era Meiji, Kyotango enriqueceu graças a produção de tecidos. Ao longo dos anos muitas famílias foram passando suas técnicas de geração para geração.

Kimono de seda

Até hoje é possível ver uma série de empreendimentos antigos tombados como patrimônio histórico.

Hoje em dia, a cidade costeira produz mais de 60% das sedas para kimonos que serão tingidos pelas diferentes técnicas como yuzen e komon.

Leia também

Mesmo com mais de mil anos de tradição em seda e 300 anos no mercado de kimonos e roupas tradicionais, os tecelões de lá não pararam no tempo.

Diversos produtores modernizaram seus equipamentos e diversificaram os tecidos à moda contemporânea.

Um roteiro imperdível aos amantes das roupas tradicionais do Japão. Além disso, Kyotango é um dos três Amanohashidate (Três Vistas Panorâmicas do Japão) do país (a famosa ponte para o céu).

Quimono no Japão

Comentários

Receba GRÁTIS notícias do Japão
Copy link