Japão admite pela primeira vez uma mulher nas tropas de paraquedistas

Pela primeira vez na história das Forças de Autodefesa do Japão uma mulher foi admitida para fazer parte das tropas de paraquedistas.

Até 2017, a unidade de paraquedistas militares não permitia o serviço de mulheres. Porém, com o fim do banimento, a sargento Reina Hashiba de 31 anos conseguiu realizar seu sonho.

Sonho de criança

Em entrevista ao Kyodo News, Hashiba disse que desde a quarta série sonhava em se tornar uma paraquedista após ver uma apresentação de um militar da unidade na janela de sua escola.

Além disso, a sargento acredita que com a ingressão dela na brigada, mais mulheres despertem o interesse em fazer parte das tropas de elite do Japão.

Paraquedistas

Em todas as forças armadas do mundo, a divisão de paraquedistas é fundamental no equilíbrio ou desequilíbrio no campo de batalha.

Os militares saltam dos aviões a uma distância de aproximadamente 300 metros da posição inimiga fazendo deles um elemento surpresa.

Passou por mesmo treinamento

Reina Hashiba

Para fazer parte desse seleto grupo de militares, Hashiba foi submetida as mesmas condições de treinamento que seus colegas homens.

Paraquedista em treinamento

Além de ter realizado cinco saltos, a sargento teve que carregar aproximadamente 60 kg de equipamento incluindo seu fuzil, munição e paraquedas.

Aberto a mulheres

Nos últimos anos, a participação feminina nas Forças de Autodefesa vem aumentando consideravelmente.

De acordo com o Ministério de Defesa, no ano fiscal de 2018 eram mais de 16 mil mulheres nas forças japonesas totalizando 7% da SDF.

Além disso, eles intensificaram suas propagandas para atrair mais mulheres para as forças de defesa japonesa com personagens militares em animes.

Com a nova política, as proibições de funções dentro das Forças de Autodefesa são limitadas a trabalhos que gerem risco para gestantes apenas.

Leia também

Formatura

O treinamento para a unidade de elite dos paraquedistas foi concluído pela sargento Reina Hashiba e outros 100 soldados na quarta-feira, dia 04 de março de 2020.

A formatura das tropas de paraquedistas de sua turma acontecerá no dia 16 março de 2020 no Campo Narashiro, a base dos paraquedistas da GSDF na prefeitura de Chiba.

Após a cerimônia, Reina Hashiba será a primeira mulher na 1ª Brigada de Paraquedistas das Forças Terrestres de Autodefesa do Japão.

Comentários

Receba GRÁTIS notícias do Japão
Copy link