Afinal de contas, o que é a cultura kawaii e qual sua importância?

A cultura kawaii tornou-se um traço característico do Japão. Talvez, seja um dos pontos que o povo japonês tem que os amantes da cultura pop do país mais adoram.

Entretanto, você sabe a importância do kawaii e seu real significado?

Aprenda nesse artigo como ele e fundamental para o Japão, seu verdadeiro significado e alguns exemplos.

De onde vem a cultura kawaii?

Ela é originária do Japão mesmo e nas últimas décadas tenho ganho cada vez mais força.

Seu significado é algo que é amável, fofo e bonito. Embora também tenha uma nunca feminina na palavra, hoje em dia ela pode ser usada para designar quase qualquer coisa.

Sendo assim, você pode chamar de kawaii tanto uma ação, como um objeto, uma situação entre outras coisas.

O termo também pode se referir a um jeito de ser. Uma pessoa que tem hábitos kawaii, por exemplo, é alguém que é cuidadoso com pequenos atos para serem amáveis, bonitinhos e que vai desde suas atitudes até o modo de se vestir.

Os japoneses, por serem muito cuidadosos, gostarem de ilustrações, sempre usarem desenhos para se referir a algo, usarem cores, entre outras coisas, são comumente associados ao kawaii.

Portanto, a cultura kawaii também é fundamental para movimentar a economia japonesa. Há uma série de produtos voltados exclusivamente para esse mercado.

Da mesma maneira, muitas pessoas vão ao país para entrar me contato com essa cultura, o que movimenta também o turismo.

Se antes o kawaii era mais um adjetivo para designar certas coisas, hoje ele passou a ser uma conduta importante para construção de um certo tipo de atitude dos japoneses e que interessa principalmente à economia.


Leia também:


A cultura kawaii e alguns exemplos

É possível encontrar vários exemplos em produtos e ações de japoneses. Por exemplo, pode ser considerado kawaii como as meninas se arrumam para ir à escola, que é de um jeito muito diferente do que no Brasil.

Ao mesmo tempo, quando se trata de costumes, também é possível considerar kawaii, aos olhos de um ocidental, como os japoneses se comportam. Pois possuem movimentos menos expansivos do que um brasileiro.

Dessa maneira, até para falar, para muitos ocidentais, o japonês é kawaii, visto que raramente irá berrar ou falar de maneira grossa e indelicada com qualquer pessoa.

Outros exemplos da cultura kawaii são facilmente encontrados nos desenhos, como o Totoro, Doraemon e o Pokémon.

Se pensarmos nesse segundo exemplo, o Pikachu é sempre usado como uma maneira de remeter à cultura kawaii. Pois que é um animalzinho extremamente delicado e carinhoso, além de ser um dos desenhos mais famosos do país.

Em Tóquio é até mesmo possível visitar um bairro em que essa cultura vibra em todas as partes, seu nome é Harajuku.

Por lá andam pessoas que seguem a risca o kawaii tanto no modo de se vestir, como também nas atitudes. Por lá, existem até mesmo comidas kawaii.

 

 

Receba GRÁTIS notícias do Japão
Copy link