Aprenda as diferenças entre as escritas japonesa, coreana e chinesa

As diferenças entre as escritas japonesa, coreana e chinesa trazem muita história. Além disso, é uma das primeiras lições que todo estudante japonês deveria ter.

Assim, nesse artigo vamos te mostrar algumas dessas diferenças para que você se aprofunde em seus estudos e consiga aumentar o seu rendimento no conhecimento da língua.

Mesmo que você não saiba nenhum dos idiomas, é possível perceber diferenças entre as escritas para que você saiba qual é qual.

Curiosidades e semelhanças entre as três escritas

Antes de explicar as diferenças, vale ressaltar que ambas escritas possuem a mesma origem: a milenar chinesa.

Vale ressaltar também que não são símbolos que podemos entender como um alfabeto, igual acontece com o alfabeto romano, mas sim como ideogramas e que representam até mesmo uma ideia em um único desenho.

Diferenças entre as escritas japonesa e chinesa

A escrita japonesa é uma adaptação da escrita milenar chinesa. Entretanto, essa influência acontece principalmente nos kanji que em um único símbolo podem representar muita coisa.

Porém, na escrita japonesa também há o hiraganakatakana. No caso do primeiro, é possível escrever as palavras japonesa com esses símbolos que representam sílabas. Eles também fornecem conectores para as palavras japonesas e também podem mudar o sentido de uma frase completamente a depender de como é usado.

E o katakana serve para escrever palavras que são estrangeiras em japonês. Por exemplo, pode ser usado para escrever nomes de pessoas estrangeiras.

Vale ressaltar ainda que a orientação da escrita japonesa pode ser de cima para baixo e da direita para a esquerda. Porém, o japonês também pode ser escrito na horizontal.

Outra semelhança entre o japonês e o chinês é que não existe espaço entre os ideogramas.


Leia também:


Diferenças entre as escritas japonesa e coreana

A imagem acima está com letras coreanas. Pois é possível notar que há símbolos circulares. Essa é uma das principais característica desse alfabeto.

Sendo assim, uma das melhores dicas para saber se algo está em coreano é observar se há a presença constante dessas pequenas bolinhas.

Apesar a escrita japonesa ter alguns círculos e formas curvilíneas, no coreano eles são mais presentes. Além disso, em relação às frases em japonês, há espaço entre as palavras coreanas.

Por mais que a escrita coreana também possa usar símbolos semelhantes aos kanji, não será tão presente como no chinês e no japonês.

No coreano há a existência de um alfabeto propriamente dito, assim como acontece nos idiomas ocidentais. Entretanto, funcionam como o hiragana e o katakana no japonês, ou seja, representam sílabas.

Além disso, no coreano também é utilizado as mesmas pontuações que as línguas ocidentais. Por outro lado, no japonês há outro  tipo de sinais que só são utilizados por eles.

No chinês, por vezes, também é possível encontrar pontos de interrogação ou de exclamação, mas é somente no coreano que as vírgulas e os pontos são usados com maior frequência.

Receba GRÁTIS notícias do Japão
Copy link