Cidade de Yuasa: o berço do molho de soja (shoyu)

Diz-se que o molho de soja se originou na China e depois foi trazido para o Japão por um monge budista que se estabeleceu na atual província de Wakayama, em 1254. Usando a abundância de água cristalina da nascente da cidade de Yuasa, ele começou a produzir um tipo de missô (pasta de soja) que ele havia aprendido em suas viagens e que tinha sido usado para preservar vegetais. Um subproduto desse processo – um líquido que se acumulou nos barris da pasta de missô – foi o molho de soja, isto é, o shoyu. E foi assim que a cidade de Yuasa se tornou o berço do shoyu.

O seguinte curta-metragem foi produzido pelo cineasta japonês Mile Nagaoka e nos conduz pelas ruas de Yuasa e entra pela loja de um fabricante tradicional de shoyu que ainda o produz quase exatamente da mesma maneira que é fabricado há mais de 750 anos.

Depois de originado em Yuasa, acredita-se que o molho de soja tenha chegado a Kansai (região de Kyoto e Osaka), onde se tornou popular. De fato, existe a documentação de um grande embarque de 18.000 litros de molho de soja de Wakayama para Osaka em 1588. O que pensamos ser o primeiro fabricante de molho de soja do Japão abriu a loja apenas 8 anos antes e ainda está no mercado.


Leia também


Assista aqui ao curta-metragem de Mile Nagaoka

Fonte: Spoon&Tamago

Receba GRÁTIS notícias do Japão
Copy link