As denúncias sobre os maus tratos nos cafés de animais no Japão

Os cafés de animais no Japão são um destino que muitos turistas não veem a hora de conhecer. Entretanto, existem muitos casos de denúncias de maus tratos desses animais nos cafés. Estas envolvem estresse, condições horríveis de habitação, doenças entre outras coisas.

Assim, são inúmeros casos de maus tratos a corujas, gatos, cachorros entre tantos outros tipos de animais que estão nos cafés.

Conheça um pouco neste artigo de como alguns lugares tratam seus animais no Japão.

E, lembre-se, caso vá ao país e pretenda ir a um desses cafés, vá apenas nos confiáveis em que tiver a recomendação de alguém de que ali não se torturam os bichos.

Cafés de animais no Japão: as corujas

Khukh nuur

As corujas são animais super delicados. Entre suas características estão a super audição, voos silenciosos, além de uma visão fantástica que enxerga muito bem mesmo sem luz.

Entretanto, nos cafés de coruja no Japão, esses animais ficam presos e com fortes luzes em seus rostos. Além disso, muitos turistas acabam cutucando o animal, que quer a todo custo fugir, mas não consegue por estar acorrentado.

Os proprietários desses estabelecimentos normalmente dizem que depois os animais possuem um tempo de descanso. Mas esse descanso é feito em um local em que ele fica preso e isolado. Além disso, em muitos casos ele pode até mesmo ser exposto novamente caso haja muita procura.

Owl

Segundo o site Gaijin Pot, em um desses cafés para corujas, o proprietário somente substituía uma coruja quando ela morria por conta dos maus tratos e estresse. Assim, comprova outra para poder mau tratá-la.

Não são somente as corujas que estão expostas a estão expostas a esse tipo de tratamento. Entretanto, seus casos são os mais noticiados. Mas não se pode esquecer que furões também ficam presos e são mal tratados a todo momento, bem como os gatos e cachorros.

Cafés de animais no Japão: onde conseguem os bichos?

(Fonte: World Animal Protection/ Aaron Gekoski / CATERS NEWS)

Uma questão que qualquer um pode se fazer é onde esses animais são encontrados para estarem nesses cafés.

Existem eventos que exibem os animais e eles são vendidos. Entretanto, não há qualquer regulamentação sobre como os animais devem ser tratados. Sendo assim, muitos são expostos a terríveis condições já no momento da venda.


Leia também:


Alternativas para ir a uma café de animas no Japão sem crueldade

Mas, se mesmo assim você tiver a oportunidade de ir ao Japão e quiser conhecer um desses cafés, existem opções que não maltratam os animais.

Por exemplo, os Cat Guardian em Otsuka e Neco Republic em Tóquio e Osaka são cafés mas que também funcionam como abrigos para animais.

Assim, quando um japonês ou um residente do Japão, além de aproveitar a companhia dos animais, também pode acabar levando um para casa.

Outro local que também funciona como abrigo é o Café Lua em Michida. Ali você poderá encontrar cães e gatos que precisam de casas novas.

Assim, esses são locais em que, além de você poder saborear o seu café em companhia de animais, também está ajudando um local comprometido em ajudá-los.

Receba GRÁTIS notícias do Japão
Copy link