Os piores acidentes aéreos do Japão

Os acidentes aéreos do Japão são constantemente lembrados. Seja pelo número de vítimas ou para que também se aprenda com as falhas humanas para que eles não venham a acontecer novamente.

Conheça alguns desses desastres e o que se sabe sobre eles.

O pior acidente aéreo do Japão: JAL 123

O pior acidente aéreo  do Japão e do mundo em números de mortos aconteceu em 12 de outubro de 1985. O voo saiu de Tóquio com destino a Osaka. Mas, somente 15 minutos depois que tinha decolado, ele sofreu uma descompressão o que fez com que o piloto e o co-piloto perdessem complemente o controle da aeronave.

Ao todo tinham 524 pessoas no avião. Com a perda de controle, a aeronave balançou por cerca de 18 minutos para o desespero tanto os pilotos como de todos que estavam a bordo.

Depois, ela explodiu.

A ajuda demorou muito a chegar, já que o avião não caiu em um local de fácil de acesso. Mesmo assim, ainda foram encontrados 4 sobreviventes.

Segundo as investigações o acidente teria sido ocasionado por um reparo mal feito no avião. Com isso, o reparo começou a rachar, levando à sua descompressão naquele dia 12 de outubro.

Para nunca se esquecer desse terrível acidente e para homenagear as vítimas e suas famílias, hoje há um memorial desse voo no Japão.


Leia também:


Acidentes aéreos do Japão: ANA 60

Outro acidente aéreo que abalou o Japão foi o do Boeing 727-81, que ia de Sapporo com destino a Tóquio.

O voo aconteceu no ano de 1966, entretanto, já chegando ao seu destino, caiu na Baía de Tóquio. Todas as pessoas que estavam a bordo acabaram morrendo.

Antes do acidente, o piloto entrou em contato com a base dizendo que aterrissaria às 19 horas. Porém, logo depois os rádios perderam contato e o avião já não estava mais no radar.

Os moradores da região viram o avião pegando fogo e caindo. O avião caiu na água e ao todo 133 pessoas morreram naquele dia. Até hoje não se sabe o motivo do acidente.

Acidentes aéreos do Japão: ANA 533

Esse foi outro avião que caiu no ano de 1966. O voo saiu de Osaka com destino a Ilha de Shikoku. Ao todo foram 50 mortos.

O avião saiu por volta das 19 horas so aeroporto de Osaka. Por volta das 20 horas estava no aeroporto do Matsumaya para fazer uma escala. Já chegando ao seu destino final, o avião chegou a tocar o solo do aeroporto, mas teve de arremeter. Entretanto, ao subir, acabou perdendo altitude e bateu no Mar Interior de Seto.

Todos os que estavam a bordo morreram.

Até hoje não se sabe o motivo dessa perda de altitude que levou ao acidente fatal.

Acidente aéreo do Japão: JAL 471

Esse acidente não aconteceu no território do Japão, mas além de ser de uma empresa do país, saiu de Tóquio.

O voo da Japan Airlines levou à morte 75 pessoas das 78 que estavam a bordo. Entre as vítimas estava a atriz brasileira Leila Diniz.

Depois de sair de Tóquio, o avião faria escalas na Índia. Depois de parar em Bangkok com sentido a Nova Delhi, antes de pousar, o avião saiu nas margens do rio Yamuna.

Até hoje não se sabe certamente o que levou a queda. Acredita-se tanto que possa ter sido erro do piloto, como também uma sinalização errada.

Receba GRÁTIS notícias do Japão
Copy link