Festival Saidaiji no Japão: o desafio de homens seminus para conseguir um bastão da sorte

O Festival Saidaiji é um dos festivais mais diferentes e estranhos do Japão. Ele ocorre todos os anos em fevereiro e reúne entre 10 mil homens seminus nos arredores do Templo de Saidaiji.

O objetivo desses homens é competir em grupos de até 20 integrantes para conseguir um bastão sagrado chamado Shingi. Acredita-se que o grupo que conseguir o bastão irá ter sorte. 

Conheça aqui mais sobre esse estranho e incrível festival e suas características.

O Festival Saidaiji

O festival acontece a noite. Os homens se reúne ao redor do templo Saidaiji por volta das 20h. Em seguida, eles se banham em uma fonte nas proximidades para se purificarem.

Depois, eles precisam dar três voltas ao redor do templo, o que leva cerca de uma hora para ser concluído. Ou seja, quem não tiver um bom condicionamento físico pode ser que desista. Em seguida, por volta das 21h30, multidões de homens seminus começam a se reunir no pódio do Templo Saidaiji em busca de uma boa posição.

Para conseguir isso, muitos desses homens começam a agarrar as vigas de madeira da estrutura na tentativa de ficar mais perto do Shingi. No entanto, a cada minuto que passa, vão chegando mais homens e a arena do Templo, considerada sagrada, entram e começam a criar uma verdadeira parede de corpos que afastam até mesmo os mais fortes entre eles.

Com cada vez mais homens chegando, é possível até mesmo ver o vapor saindo dos corpos deles. A temperatura fica extremamente alta que os participantes podem ter queimaduras graves se não estiverem cobertos com água o suficiente. Enquanto isso, os sacerdotes que estão no segundo andar do templo tentam jogar um pouco de água sagrada nos homens. Mas, mesmo assim, só da pele desses homens se tocarem que o vapor sobe.


Leia também:


O calor é tão alto que muitas vezes alguns homens acabam descamisando de desidratação. Em outras vezes, até mesmo a polícia precisa ser acionada para acabar com brigas que acabam acontecendo. 

Antes da busca pelo bastão começar, as luzes do templo se apagam. Em meio aos flashes, o shingi é jogado no meio da escuridão e da multidão.

A partir daí, os milhares de homens começam a luta para conseguir pegar o bastão e os poucos sortudos rapidamente escondem as varas sagradas e contam com os membros de sua equipe para ajudá-los a correr para fora do templo. Ninguém pode dizer quem segura as valiosas varas, mas hordas de homens começam a correr e se aglomerar na multidão. Em questão de minutos, o evento acaba e sem qualquer cerimônia de premiação.

O festival é aberto para qualquer homem, até mesmo os estrangeiros podem participar.

Vídeo do festival

Se você ficou curioso, veja um pouco mais de informações de como esse festival acontece no vídeo a seguir.

Receba GRÁTIS notícias do Japão
Copy link