Por que um integrante da Yakuza corta o dedo?

Sim, um integrante da Yakuza corta o dedo. E são cortes que não são só para causar cicatrizes, mas sim para retirar um pedaço.

E os cortes não são com anestesia e nem feitos por um terceiro. É o próprio integrante da Yakuza que corta um pedaço de seu dedo em cima de uma madeira com uma faca muito bem afiada.

Quando um integrante da Yakuza corta o dedo?

Simplesmente o ato de pronunciar o termo Yakuza pode causar pavor em alguns japoneses. Afinal de contas, seus integrantes já cometeram muitos crimes terríveis, como o caso do sequestro, estupro coletivo e assassinato da menina Junko Futura.

Assim, ver um dos integrantes dessa máfia também é um sinal para ficar alerta. Uma das maneiras de indentificá-los é pela tatuagem. E, outra maneira, é pelo dedo mínimo cortado.

Cortar um dedo faz parte de um ritual que se chama Yubitsume. Esse é um ritual para se desculpar com alguém.

Na verdade, é até mais do que uma simples desculpa. É um ato de se desfazer de um pedaço do dedo mostrando como realmente se está arrependido e como se auto pune para se desculpar.

Esse é um ritual, segundo estudiosos da cultura japonesa, que remonta a períodos anteriores à própria criação da Yakuza. Ele teria se originado com os bakuto, que eram jogadores itinerantes pelo Japão.

Assim, caso uma pessoa não conseguisse honrar suas dívidas de jogo, o yubitsume era por vezes considerado uma forma alternativa de reembolso.

Mas, você pode estar se perguntando, por que cortar um pedaço do mindinho? Bom, nas artes marciais japonesas com espada o dedo mínimo é fundamental para se empunhar uma espada.

Dessa maneira, quem não o possui, ou está sem um pedaço dele, não consegue segurar a espada corretamente e acaba ficando impossibilitado de lutar.


Leia também:


Como é o ritual quando um integrante da Yakuza corta o dedo?

Para a realização do yubitsume, coloca-se um pequeno pano limpo em uma superfície. Em seguida, coloca-se a mão sobre o pano. A palma da mão deve estar voltada para baixo.

Em seguida,  com uma faca muito bem afiada, a própria pessoa corta a parte de seu dedo mínimo esquerdo acima da articulação superior do dedo ou da ponta do dedo.

Depois, a pessoa deve embrulhar a parte do dedo cortada no pano. Essa é uma maneira de embalar o dedo para dar a um superior. Esse superior é conhecido como oyabun e  kumicho. Ambos termos são uma referência a uma autoridade, algo como um patriarca, um chefe de família.

Entretanto, se o integrante da Yakuza voltar a cometer algum erro ou ofensa, deverá cortar mais um pedaço do dedo. No caso, vai para a próxima articulação. Assim, caso tenham ocorrido muitas ofensas, e já não tiver mais articulação no dedo mínimo da mão esquerda, é preciso passar para o dedo mínimo da mão direita.

Receba GRÁTIS notícias do Japão
Copy link