Tsūtenkaku: um símbolo de Osaka e da reconstrução do Japão depois da guerra

Muito provavelmente você já viu a Tsūtenkaku em alguma foto de Osaka. Afinal de contas, ela é um verdadeiro símbolo não só da cidade, como do Japão.

Tsūtenkaku significa ‘torre alcançando o céu’. Ela foi a primeira torre, construída em 1912, que fazia jus ao seu nome e era a mais alta do Oriente naquela época. A torre original tinha um design excêntrico que combinava influências do Arco do Triunfo e da Torre Eiffel em Paris. Infelizmente, foi desmontado em 1943 para fornecer ferro para a guerra. 

Mas, hoje em dia é possível ver a atual torre, que  é a segunda, construída em 1956 pelo conhecido arquiteto Naito Tachu, chamado de ‘pai das torres japonesas’, e tem 103 metros de altura.

Conheça mais sobre a história da torre e como ela é importante para a história do Japão.

A história da Tsūtenkaku

Assim, hoje em dia podemos ver e subir no deck da segunda torre Tsūtenkaku. A primeira torre tinha sido construída no ano de 1912 e era conectada a um parque de diversões, o Luna Park, por meio de um teleférico. 

Na época de sua construção, sua altura chegava a 64 metros. Assim, rapidamente ela se tornou um dos locais de referência e mais populares da cidade, atraindo visitantes de toda a área.

Afinal de contas, naquela época sem tantos prédios e poluição visual, era muito mais fácil de visualizar a torre de onde quer que se estivesse.

A estrutura original sofreu um incêndio em 1943 que a danificou gravemente. Como eram tempos de guerra e onde o Japão estava direcionando todos os seus esforços para sair vitorioso, ao invés de reparar a estrutura, ela foi desmontada e o aço usado para o esforço de guerra.


Leia também:


Após a guerra, os cidadãos de Osaka mesmos se entusiasmaram em reconstruí-la. Isso ajudaria a fazer com que se conseguisse superar todas as dores pelo qual o país havia passado e a tentar retomar uma vida normal.

Uma empresa privada, a Tsūtenkaku Kanko Co. Ltd. foi estabelecida e Naitō Tachū, o “Pai das Torres” do Japão foi selecionado para projetá-la. A nova estrutura de oito lados foi inaugurada em 1956.

No deck de observação do quinto andar está consagrado Billiken, o Deus da Felicidade ou “as coisas como deveriam ser”. Billiken era uma popular boneca americana que veio para o Japão por volta de 1910. Ela estava guardada no Luna Park quando foi inaugurado. A estátua de madeira de Billiken desapareceu quando o parque fechou em 1923.

Assim, como parte de um esforço para reviver a torre, uma cópia de Billiken foi feita a partir de uma fotografia antiga e colocada dentro da torre em 1979.

Dessa maneira, estátua de Billiken tornou-se intimamente associada à torre e é um símbolo popular de boa sorte.  Os visitantes colocam uma moeda em sua caixa de doações e esfregam a planta de seus pés para realizar seus desejos.

Receba GRÁTIS notícias do Japão
Copy link