YouTuber japonês diz que vida de moradores de rua e aposentados não importa e causa polêmica no país

O youtuber japonês DaiGo tornou-se alvo de apoio e de crítica dos japoneses nas últimas semanas. Isso porque, fez declarações contra as pessoas que estão em situação de rua no país e a ajuda que o governo oferece a eles.

Conheça mais sobre essa polêmica que atravessa o Japão atualmente, e como ela também revela um preconceito dos japoneses com pessoas em situação de rua que estão por ali.

O youtuber japonês e as declarações polêmicas

DaiGo fez as declarações problemáticas em 7 de agosto de 2021, em uma transmissão ao vivo intitulada “Perguntas e respostas ‘super picantes’ para pessoas que querem ser esmagadas cientificamente”. Assim, nessa live, o DaiGo responde à pergunta de um espectador dizendo, entre outras coisas: “Não pago impostos para isso ir para pagar as pessoas com previdência. Se temos dinheiro para alimentar as pessoas com previdência, quero que o usem para salvar gatos. ”

Ele prosseguiu, dizendo: “Sobre as vidas dos humanos e dos gatos, não acho que as vidas humanas sejam mais valiosas. Para mim, vidas desnecessárias não valem muito. Então, acho que as vidas dos sem-teto são apenas, tanto faz. ”

Em 13 de agosto, o canal oficial da DaiGo no YouTube tinha cerca de 2,46 milhões de assinantes, e o vídeo em questão foi visto cerca de 190.000 vezes até as 10h daquele dia. Assim que suas declarações começaram a ser compartilhadas, vários comentários no Twitter as rotularam como “incitação à discriminação”.

Mesmo com a repercussão, no final de 12 e 13 de agosto, DaiGo mostrou que não tem intenção de se desculpar pelo que disse em seu vídeo, declarando: “Eu estava declarando um ponto de vista individual, então não é algo para se desculpar.”


Leia também:


Ele continuou: “Se eu tivesse pensado em fazer isso como uma forma de tornar esses pontos de vista comuns na sociedade, seria terrível e um problema. Acho que se eu tivesse, não seria bom e como os nazistas. Mas assim como todo mundo tem pessoas em suas vidas valorizam mais do que outras, como a forma como vemos a família como mais importante do que completos estranhos, tudo que eu disse foi que para mim, os gatos são muito mais importantes do que as pessoas. E como isso é um problema, é o que eu ‘ estou perguntando. ”

Mas na noite de 13 de agosto, durante outra transmissão ao vivo, ele disse: “Esse jeito de falar não foi bom, afinal. Foi discriminatório e, pensando bem, gostaria de me desculpar. Lamento profundamente.”

DaiGo atua como um “mentalista” que vê através da psicologia humana. Ele tem vários livros em seu nome, incluindo títulos que traduzem como “o poder de concentração para se manipular”, “as artes da escrita proibida que influenciam as pessoas”,  “capacidade de ultra-tomada de decisão”. Ele também apareceu em programas de painel de TV e é ativo como YouTuber, postando vídeos com frequência em que expressa suas opiniões.

Fonte: Mainichi.JP

Receba GRÁTIS notícias do Japão
Copy link